23 de abr. de 2021

Corpo de homem morto a tiros é encontrado em Taquaritinga do Norte

Foto: Reprodução Redes Sociais
Na manhã desta sexta-feira (23), o corpo de um homem foi encontrado em Taquaritinga do Norte.

Informações preliminares apontam que a vítima, um homem de nome e idade ainda não informados, foi encontrado morto com vários disparos de arma de fogo na região da cabeça, em um ferro velho, no Sítio Piolho, zona rural do município.

A delegacia de Homicídios de Santa Cruz do Capibaribe estava  no local do crime, junto com uma equipe do Instituto de Criminalística (IC) realizando a perícia do corpo e buscam informações que possam auxiliar na identificação do homem. Após a identificação, o corpo será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Caruaru.

Da redação | PE+ Notícias
Com informações do Blog do Ney Lima

Funcionários da Caixa vão fazer paralisação na próxima terça-feira

Funcionários da Caixa vão fazer paralisação na próxima terça (Reprodução)
Os funcionários da Caixa Econômica Federal aprovaram na última quinta-feira (22), estado de greve. Deve, então, ocorrer uma paralisação de 24 horas na próxima terça-feira (27) no país todo.

Os funcionários podem deflagrar greve a qualquer momento com o estado de greve. Durante a paralisação da terça, serão realizadas reuniões no locais de trabalho e protesto em algumas agências.

Segundo informações do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, 82,73% dos funcionários da Caixa aprovaram a deliberação durante assembleia virtual.
“A mobilização tem como objetivo denunciar a venda de fatias do banco 100% público, que acontece com a precificação do IPO da Caixa Seguridade, primeiro passo para a privatização da empresa pública. Além do IPO da Caixa, o governo e o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, atuam para a venda de outras partes do banco – Caixa Cartões, Gestão de Recursos e Loterias”, explicou o sindicato local.
Da redação | PE+ Notícias
Com informações do NE10 Interior

Anúncios

 


Artesãos do Alto do Moura reclamam de prejuízos, em Caruaru

Artesãos do Alto do Moura reclamam de prejuízos (Reprodução/Rebeca Nunes)
Os artesãos do maior centro de artes figurativas da América, como é conhecido o Alto do Moura, em Caruaru, no Agreste, vem passando por dificuldades. Desde que a pandemia começou, os artesãos vêm sentido a falta de movimentação no local. A ausência de clientes tem afetado a economia.

Socorro Rodrigues tem mais de cinquenta anos trabalhando como artesã. Desde menina ela colocava a mão na massa e assim foi se aperfeiçoando, mas a situação tem entristecido toda a classe. Quem depende exclusivamente dessa renda, tem sofrido neste período de pandemia. No ateliê de dona Socorro as peças variam de cinco reais até seis mil reais.

Artesanato do local está parado (Reprodução/Rebeca Nunes)
“Antes da pandemia eu vendia em média trezentas peças por mês. Agora só tenho vendido trinta peças por mês”, disse a artesã.
Ainda segundo ela, clientes de cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Belo Horizonte, deram uma pausa nas compras justificando a falta de dinheiro para investir neste momento.

Situação dos artesãos

No Alto do Moura são em média 800 artesãos que tiram do barro o dinheiro para o sustento. A fundação de Cultura de Caruaru informou que o recurso da Lei Aldir Blanc contemplou 159 projetos de artesanato, sendo destinados mais de 700 mil reais para a categoria.

De acordo com o presidente da Associação dos Artesãos em Barro e Moradores do Alto do Moura (ABMAM), Helton Rodrigues, a lei contemplou apenas 30% dos artesãos do Alto do Moura. 
“O valor ajudou bastante aos artesãos, mas contemplados foram apenas 30% do total. Nesse caso os outros 70% ficaram desacobertados e passando dificuldades”, explicou Helton.
Da redação | PE+ Notícias
Com informações do NE10 Interior

Entenda as medidas restritivas de combate a Covid-19, prorrogadas pelo governo de Pernambuco

Governador de Pernambuco estende medidas restitivas até 9 de maio. (Reprodução)
O Governo de Pernambuco, por meio do governador Paulo Câmara, anunciou que foram estendidas as restrições do Plano de Convivência. O governo afirma que houve estabilização de casos, internações e óbitos por coronavírus registrados nas últimas três semanas, mas que os percentuais ainda estão em patamar alto. Por isso, o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 decidiu estender as atuais restrições até o dia 9 de maio.

No entanto, o funcionamento do comércio de praia, que estava proibido, foi autorizado e poderá funcionar de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h. Além disso, estabelecimentos comerciais que abrirem às 10h, poderão funcionar até as 18h e os que abrirem às 9h só poderão funcionar até às 17h.

Apesar da restrição, a nova medida não pegou alguns comerciantes surpresa que esperavam que as restrições fossem estendidas devido o aumento de casos. Ao NE10 Interior, a empresária Anny Kelly falou sobre a decisão. 
"Eu realmente esperava que essa medida fosse ser estendida e eu não esperava que o comércio fosse voltar ao funcionamento normal devido a todo que tem acontecido, tanto regionalmente, quanto no Brasil", explicou a empresária dona da Jerinana Cafeteria.
Reprodução/Anny Kelly - Arquivo pessoal
Mesmo assim, a empresária fala que é um alívio o número de casos ter estabilizado possibilitando que o comércio continue aberto. 
"No momento, o fato do comércio estar funcionando já é motivo de felicidade."O que eu estou sentindo, quanto a nossa a cafeteria, é que estamos bem felizes por estar funcionando. Tem as restrição ainda, e isso influência no funcionamento, não é o mesmo de poder definir os nossos horários e poder estender mais um pouco, mas nós compreendemos a situação em que o mundo todo está passando e estamos tentando se adequar", afirma.
Anny ainda contou que o novo decreto dá esperanças de que as coisas estão caminhando para uma melhora. 
"O novo decreto estendendo o funcionamento nos finais de semana é muito bom pra gente, porque pode parecer só uma hora a mais, mas isso já é influencia positivamente no negócio em geral", finaliza.
Entenda as medidas:

Comércio de praia:

Pode funcionar de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, mantendo. Proibido funcionar nos finais de semana.

Atividades nos finais de semana:

Estabelecimentos que abrem às 10h poderão funcionar até as 18h. Já os estabelecimentos que abrirem as 9h deverão funcionar até as 17h.

Academias:

Durante a semana as academias poderão funcionar com capacidade máxima de 30%, das 5h às 20h; E durante o final de semana de 5h às 17h.

Bares, restaurantes e lanchonetes:

Durante a semana bares restaurantes e lanchonetes poderão funcionar com capacidade máxima de 50% das 5h às 20h; Já durante os finais de semana das 9h às 17h.

Delivery, drive-thru e ponto de coleta podem continuar funcionando após os horários de funcionamento presencial.

Ciclofaixas:

Sem restrição

Comércio varejista do centro e bairros:

Durante a semana os comércios podem funcionar das 10h às 20h e durante os finais de semana das 9h às 17h. Esses estabelecimentos devem continuar seguindo as medidas de distanciamento social de um cliente a cada 10 m² para circulação; e um cliente a cada 5 m².

Escolas e universidades públicas e privadas:

Escolas e universidades devem funcionar com 50% do limite da capacidade total. Durante a semana das 6h às 22h e nos finais de semana da 9h às 17h. A medida é válida para ensino Superior, médio, fundamental I e II, e infantil.

Escritórios comerciais e prestação de serviços:

Durante a semana os escritórios podem funcionar das 10h às 20h com 50% do limite da capacidade total. E, durante o final de semana das 9h às 17h. Além disso esses espaços devem manter o distanciamento de 1,5 m entre as estações de trabalho.

Igrejas e atividades religiosas:

As igrejas e templos religiosos devem funcionar com 30% da capacidade total com limite de 100 pessoas. Durante a semana poderá funcionar das 5h às 20h e nos finais de semana das 5h às 17h.

Shopping centers e galerias comerciais:

Durante a semana podem funcionar das 10h às 20h e durante os finais de semana das 9h às 17h. Esses estabelecimentos devem continuar seguindo as medidas de distanciamento social de um cliente a cada 10 m² para circulação; e um cliente a cada 5 m².

Atividades que continuam proibidas:

Shows, festas, eventos sociais e corporativos de qualquer tipo, com ou sem comercialização de ingressos, em ambientes fechados ou abertos;

Clubes sociais, esportivos e agremiações;

Salas de cinema e teatro;

Centros de artesanato, museus e demais equipamentos culturais;

Parques de diversão, temáticos e similares;

Competições e práticas esportivas coletivas, profissionais ou voltadas ao lazer, com exceção dos jogos de futebol profissional, sem público, cumprido o protocolo específico.

Casos em Pernambuco

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) na última quarta-feira (21), Pernambuco registrou 2.480 novos casos da Covid-19. O Estado totaliza 388.507 casos confirmados da doença, com 13.380 mortes.

A respeito da campanha de vacinação no Estado, Pernambuco já aplicou 1.691.689 doses da vacina contra a Covid-19, das quais 1.221.859 foram primeiras doses.

Da redação | PE+ Notícias
Com informações do NE10 Interior

Anúncios

 


22 de abr. de 2021

Butantan produzirá mais 5 milhões de doses da vacina CoronaVac

Vacina contra a covid-19 (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
O Instituto Butantan já começou a produção de mais 5 milhões de doses da vacina contra covid-19, CoronaVac. Na última segunda-feira (19), a instituição recebeu 3 mil litros de insumo farmacêutico ativo (IFA) enviados da China.

Segundo o Butantan, o trabalho acontece de forma ininterrupta, 24 horas por dia e 7 dias por semana em uma linha de produção automatizada. Na fábrica do instituto, o medicamento é envasado, rotulado e passa por inspeções de qualidade.

Desde janeiro, já foram fornecidas 41,4 milhões de doses de CoronaVac para serem aplicadas em todo o país.

O Butantan informou, também, que espera receber nas próximas semanas mais um carregamento com 3 mil litros de IFA, que permitirão a produção de mais 5 milhões de doses. O material aguarda autorização para ser embarcado para o Brasil.

O estado de São Paulo ultrapassou nesta quinta-feira (22) a marca das 10 milhões de doses de vacinas contra o coronavírus aplicadas, sendo 3,4 milhões da segunda dose.

Da redação | PE+ Notícias
Com informações do NE10 Interior

Meu Candidato a prefeito é Felipe Arruda, afirma Hélio de Novo


Na tarde desta quinta-feira 22, o vereador Hélio de Novo (PSD), participou do Programa Cotidiano da Cidade em Debate na Rádio Filadélfia FM.

Durante a entrevista o vereador se posicionou em relação as eleições de 2022 e 2024, sobre as eleições de 22 o mesmo declarou apoio a possível candidatura de André de Paula para deputado federal do grupo.

Eu estou com André eu sou o único vereador de Pão de Açúcar e estou com ele e também acredito que 80% do grupo também esta.

Já para a eleição de 2024 o mesmo declarou que está com o ex-vereador Felipe Arruda. Eu apoio Felipe Arruda, ele é o meu candidato para prefeito. Ele é advogado e está preparado para isso, eu voto em Felipe Arruda. Afirmou Hélio de Novo.

Da redação | PE+ Notícias

Anúncios

 


Pernambuco estende medidas restritivas do plano de convivência até 9 de maio; confira

Governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), em pronunciamento oficial (Reprodução)
Nesta quinta-feira (22), o Governo de Pernambuco, por meio do governador Paulo Câmara, anunciou que foram estendidas as restrições do Plano de Convivência. O governo afirma que houve estabilização de casos, internações e óbitos por coronavírus registrados nas últimas três semanas, mas que os percentuais ainda estão em patamar alto. Por isso, o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 decidiu estender as atuais restrições até o dia 9 de maio.

No entanto, foram anunciados ajustes para o funcionamento das atividades econômicas, que começam a valer na próxima segunda-feira (26). 
“Vamos autorizar o comércio de praia, de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h, mantendo a proibição nos finais de semana. O funcionamento das atividades de maneira geral será estendido, nos finais de semana, até às 18h, para quem iniciar às 10h. Os estabelecimentos que abrirem às 9h só poderão funcionar até às 17h”, detalhou Paulo Câmara.
O governador destacou durante o pronunciamento que o Comitê continuará analisando diariamente os números da pandemia para avaliar a necessidade de novos ajustes para o período a partir de 10 de maio. 
“Seguimos contando com a compreensão de toda a população pernambucana. É nosso dever manter as atitudes preventivas. Evite aglomerações, higienize as mãos e sempre use máscara”, disse o governador.
Casos em Pernambuco

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) na última quarta-feira (21), Pernambuco registrou 2.480 novos casos da Covid-19. O Estado totaliza 388.507 casos confirmados da doença, com 13.380 mortes.

A respeito da campanha de vacinação no Estado, Pernambuco já aplicou 1.691.689 doses da vacina contra a Covid-19, das quais 1.221.859 foram primeiras doses.

Veja o Pronunciamento do Governador:


Da redação | PE+ Notícias
Com informações do NE10 Interior

Governo de Pernambuco pode decidir sobre funcionamento de atividades econômicas até sexta-feira

Governador de Pernambuco Paulo Câmara (Reprodução)
O Governo de Pernambuco deve decidir em breve sobre como ficará o funcionamento das atividades econômicas durante a pandemia da covid-19 no estado. As medidas que estão em vigor atualmente são válidas até este domingo (25).

A expectativa é que o anúncio seja feito até esta sexta-feira (23).

No dia 1º de abril foram liberadas as atividades econômicas e a abertura de praias e parques para atividades físicas. Eventos continuam proibidos.

De acordo com informações do blog de Jamildo, a tendência é que as medidas atuais sejam estendidas, mas pode haver chance de ocorrer flexibilizações.

Números em Pernambuco

A Secretaria de Saúde de Pernambuco divulgou na última quarta-feira (21) o boletim do coronavírus no estado. Foram registrados mais 2.480 casos e mais 63 mortes por covid-19. Ao todo, são 388.507 casos confirmados e 13.380 mortes pela covid-19.

A taxa de ocupação de leitos de terapia intensiva (UTI) para o coronavírus estava em 97% na saúde pública e 85% para a rede privada. São 2.123 pacientes internados em UTIs para covid-19 em Pernambuco, sendo 1.610 na rede pública e 513 na rede privada.

Da redação | PE+ Notícias
Com informações do NE10 Interior

Anúncios

 


Decreto prorroga auxílio emergencial para trabalhadores do setor da cultura

Decreto prorroga auxílio para artistas (Reprodução/ Internet )
Trabalhadores do setor cultural afetados pela pandemia da Covid-19 terão mais tempo para pedir benefício por meio da Lei Aldir Blanc. Um decreto, editado pelo presidente Jair Bolsonaro, prorroga até 2021 a utilização de um auxílio emergencial.

A Medida Provisória 1.019, editada em 2020, foi editada no fim do ano passado e permite o pagamento do auxílio da Lei Aldir Blanc ainda este ano. De acordo com o governo, serão pagas apenas as verbas inscritas em restos a pagar, ou seja, recursos autorizados em 2020 para execução em 2021. Sem a MP, a Lei Aldir Blanc perderia a validade no fim do último ano.

Benefício

A Lei Aldir Blanc introduziu três tipos de auxílio, com investimento de R$ 3 bilhões, sendo eles uma renda emergencial de R$ 600 para os trabalhadores, distribuição de prêmios e subsídio mensal de até R$ 10 mil para a manutenção de espaços artísticos e culturais.

Da redação | PE+ Notícias
Com informações do NE10 Interior

20 de abr. de 2021

Anvisa autoriza uso emergencial de coquetel contra covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta terça-feira (20), em Brasília, a liberação para uso emergencial de dois medicamentos experimentais da farmacêutica suíça Roche contra a covid-19, desenvolvidos em parceria com a empresa de biotecnologia americana Regeneron.

Os remédios, contendo casirivimabe e imdevimabe (REGN-COV-2), atuam em ligação com a coroa do vírus de forma a impedir sua entrada nas células ainda não infectadas para replicar o material genético, controlando a doença.

A medicação é indicada especialmente para pacientes que estão em idade avançada, obesos, que tenham doença cardiovascular, hipertensão, doença pulmonar crônica, aids, diabetes, doenças respiratórias, doença renal crônica e doença hepática, entre outras comorbidades e que apresentam alto risco de desenvolver progressão para um quadro grave da covid-19.

Segundo a Anvisa, o medicamento será de uso restrito a hospitais, para uso ambulatorial, ou seja, para pacientes que apresentam sintomas leves da doença, sendo administrado somente com prescrição médica. O medicamento não é recomendado para uso precoce ou preventivo. Também não será permitida a sua comercialização ou venda em farmácias.

O coquetel foi liberado para ser administrado em pacientes a partir de 12 anos, que pesem mais de 40 kg, que não necessitem de suplementação de oxigênio e não apresentem o quadro grave da doença. A aplicação é intravenosa e deve ser administrada logo após a confirmação, por meio de teste viral, até dez dias após o início dos sintomas.

Segundo o gerente-geral de Medicamentos e Produtos Biológicos da Anvisa, Gustavo Silva Santos, o coquetel usa dois anticorpos monoclonais que trabalham para neutralizar o vírus, fornecendo “anticorpos extras” para os pacientes.
“A ideia desse produto é que nesses pacientes se mimetize o que seria a resposta imune natural dos anticorpos produzidos em células e que essa produção extra-humana de anticorpos ajude a promover a ação imunológica”, disse.
“[Mas] esse produto não é recomendado para quem já está na situação grave da doença. Para aqueles que já estão internados se observa uma piora no desfecho clínico quando administrado em pacientes hospitalizados com covid-19 que necessitam de suplementação de oxigênio de alto fluxo ou ventilação mecânica”, acrescentou.
Redução na hospitalização

Santos apresentou dados das pesquisas dos medicamentos e disse que os resultados preliminares em pacientes ambulatoriais, desde o diagnóstico da doença até 29 dias após início do tratamento, mostraram uma redução de 70,4% na hospitalização ou morte relacionadas com a covid-19.
“O que a gente percebeu foi uma redução significativa e clinicamente relevante de 70,4% no número de pacientes hospitalizados ou morte por quaisquer causas quando comparado com o placebo”, disse. “Ele foi muito bem tolerado, tem um perfil de segurança aceitável.
O pedido para o uso dos medicamentos foi feito pela Roche em 1º de abril. A diretora da Anvisa e relatora do processo de liberação do medicamento, Meire Sousa Freitas, lembrou que ele já foi aprovado para uso emergencial pela Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora dos Estados Unidos, após apresentar bons resultados em pacientes com sintomas leves e moderados da covid-19.

A Anvisa aprovou um prazo de validade de 12 meses para os medicamentos, por se tratar de uso emergencial. A relatora lembrou que a agência também já liberou, em março, o uso do antiviral Remdesivir, produzido pela biofarmacêutica Gilead Sciences, para o tratamento da covid-19, e que a nova autorização vai ajudar a aliviar o sistema de saúde do país.
“A autorização emergencial desses anticorpos monoclonais oferece aos profissionais de saúde mais uma ferramenta no combate a essa pandemia”, disse.
Meire lembrou que a autorização é de uso emergencial, por se tratar de um medicamento ainda em desenvolvimento, e que o processo de aprovação do registro definitivo ainda precisa de mais pesquisas e investigação clínica.

Ela alertou ainda que não há pesquisas tratando da aplicação de vacinas contra a covid-19 em pacientes que foram submetidos ao novo medicamento e que a recomendação é de que o paciente deve aguardar um período de 90 dias após a administração do medicamento para tomar a vacina.
“Atualmente não há dados sobre a segurança e eficácia das vacinas autorizadas pela Anvisa em pessoas que receberam esses anticorpos monoclonais como parte do tratamento da covid-19. Portanto, antes de se vacinar o paciente deve ser avaliado pelo médico”, finalizou.
Da redação | PE+ Notícias
Com informações do NE10 Interior

Anúncios

 


Caixa paga seguro-desemprego em conta poupança digital; veja quem recebe

Caixa paga seguro-desemprego em conta poupança social digital (Reprodução)
Cidadãos que não indicarem conta no requerimento de pagamento do seguro-desemprego e não possuírem outro tipo de poupança na Caixa passam a receber, a partir desta terça-feira (20), o benefício por meio da conta poupança social digital . As contas digitais serão abertas automaticamente e de forma gratuita pela Caixa e a movimentação pode ser feita pelo aplicativo Caixa Tem.
“Para quem já tem outro tipo de conta na Caixa, os créditos serão realizados nas contas existentes e os valores poderão ser movimentados com a utilização do cartão da conta ou ainda pelo Internet Banking ou pelo aplicativo do banco. Nos casos em que o valor do Seguro-Desemprego não possa ser creditado em conta existente ou em conta poupança social digital, o trabalhador poderá realizar o saque com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas e nos correspondentes Caixa Aqui, além das agências”, explicou a instituição financeira.
Seguro-desemprego

O Seguro-desemprego é um benefício que oferece auxílio em dinheiro por um período determinado aos trabalhadores. Ele é pago de três a cinco parcelas, de forma contínua ou alternada, de acordo com o tempo trabalhado, e tem a finalidade de garantir assistência financeira temporária ao trabalhador dispensado involuntariamente (sem justa causa).

O valor do Seguro-desemprego considera a média dos salários dos últimos 3 meses anteriores à dispensa. Para o pescador artesanal, empregado doméstico e o trabalhador resgatado, o valor é de um salário mínimo.

Quem tem direito ao Seguro-desemprego?

• Trabalhador formal e doméstico, em virtude da dispensa sem justa causa, inclusive dispensa indireta;

• Trabalhador formal com contrato de trabalho suspenso em virtude de participação em curso ou programa de qualificação profissional oferecido pelo empregador;

• Pescador profissional durante o período do defeso;

• Trabalhador resgatado da condição semelhante à de escravo;

Da redação | PE+ Notícias
Com informações do NE10 Interior

Jurandi diz que vereadores dos grupos Calabar e Gravatinha tentaram o induzir a fazer corrupção

TAQUARITINGA DO NORTE - Durante entrevista nesta terça-feira (20), o ex-presidente da câmara municipal de vereadores de Taquaritinga do Norte, Professor Jurandi, falou sobre política, sobre a atual administração e sobre a atual composição da câmara. Em declarações polêmicas, o ex-vereador se mostrou chateado com situações e desmotivado politicamente.

Durante um momento no final da entrevista, Jurandi disse que no final de seu mandado, ao apagar das luzes, vereadores dos grupos Calabar e Gravatinha fizeram pressão para que ele não devolvesse dinheiro da câmara para o Poder Executivo.

"O que eu passei eu não quero pra um inimigo meu. Se eu lhe contar as propostas que foram feitas para Jurandi botar fogo no dinheiro... Me chamaram de abestalhado, de burro, de tudo no mundo", revelou o ex-vereador.

Após o relato, o comunicador Márcio Fellipe perguntou se os vereadores das duas bancadas tentaram o induzir a praticar corrupção. Sem receio, Jurandi respondeu: "Sem dúvida!".

Assista um trecho da entrevista:

Da redação | PE+ Notícias

Anúncios

 


Pernambuco já imunizou mais de 184 mil pessoas com a segunda dose da vacina contra a covid-19

Foto: Marcos Pastich/PCR
A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta segunda-feira (19), 1.020 casos da Covid-19. Entre os confirmados, 89 (9%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 931 (91%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 383.184 casos confirmados da doença, sendo 38.755 graves e 344.429 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 325.428 pacientes recuperados da doença. Destes, 22.768 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 302.660 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 36 novos óbitos (21 masculinos e 15 femininos), ocorridos entre os dias 02/03/2021 e 18/04/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Afogados da Ingazeira (1), Arcoverde (1), Belo Jardim (1), Bodocó (1), Buíque (1), Cabrobó (1), Floresta (1), Itambé (1), Jaboatão dos Guararapes (4), Jataúba (1), João Alfredo (1), Moreno (1), Palmares (1), Passira (1), Paudalho (1), Paulista (3), Petrolina (1), Recife (8), Santa Terezinha (1), Serra Talhada (2) e Vitória de Santo Antão (3). Com isso, o Estado totaliza 13.248 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 38 e 98 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (3), 40 a 49 (3), 50 a 59 (8), 60 a 69 (9), 70 a 79 (9), 80 ou mais (4). Do total, 19 tinham doenças pré-existentes: doença cardiovascular (11), diabetes (5), hipertensão (5), obesidade (2), doença renal (1), doença de Alzheimer (1), doença de Parkinson (1), doença hepática (1) e doença respiratória (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais seguem em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 28.249 casos foram confirmados e 47.857 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

Balanço da Vacinação

Pernambuco já aplicou 1.604.249 doses da vacina contra a Covid-19, das quais 1.179.157 foram primeiras doses. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 228.824 trabalhadores de saúde; 25.073 povos indígenas aldeados; 31.600 em comunidades quilombolas; 6.192 idosos em Instituições de Longa Permanência; 323.372 idosos de 60 a 69 anos; 374.966 idosos de 70 a 79 anos; 100.387 idosos de 80 a 84 anos; 86.689 idosos a partir de 85 anos; 911 pessoas com deficiência institucionalizadas; além de 1.143 trabalhadores das forças de segurança e salvamento.

Em relação à segunda dose, já foram beneficiados 184.760 trabalhadores de saúde; 24.716 povos indígenas aldeados; 36 em comunidades quilombolas; 4.534 idosos institucionalizados; 26.289 idosos de 60 a 69 anos; 143.907 idosos de 70 a 79 anos; 32.685 idosos de 80 a 84 anos; 7.403 idosos a partir de 85 anos, além de 762 pessoas com deficiência institucionalizadas; totalizando 425.092 pessoas que já finalizaram o esquema.

Da redação | PE+ Notícias
Com informações do Diario de Pernambuco

Aulas presenciais retornam na rede pública, apesar de greve decretada por professores em Pernambuco

Foto: Paulo Paiva/ DP FOTO
Na última segunda-feira (19), o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco (Sintepe) manteve a decretação da greve de atividades presenciais dos professores da rede pública de ensino em Pernambuco. O movimento foi deflagrado na última assembleia realizada pela categoria e proibido pela Justiça no fim de semana. Houve adesão parcial da categoria e as escolas abriram normalmente na segunda, com aulas presenciais.

Quanto às questões legais, estão sendo avaliadas pelo setor jurídico do sindicato e que a greve é apenas das atividades presenciais, ou seja, o ensino remoto continua funcionando normalmente. O sindicato reivindica vacinação contra a Covid-19 para que a categoria possa retomar às atividades presenciais com mais segurança.

O dia escolhido para a greve foi a data prevista para o início do cronograma de retomada gradual das escolas públicas estaduais, com o 3º ano do ensino médio, todo o ensino infantil e do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. Valéria explica que apesar da paralisação ter sido adotada para as atividades presenciais, os professores continuam ministrando aulas remotas. 
“Nossa greve é apenas no trabalho presencial, ela é parcial, porque continuamos trabalhando de casa, como fizemos desde o início da pandemia. Os professores estão, inclusive, usando recursos próprios e investindo em internet, celulares e computadores para realizarem as aulas”, disse Valéria Silva, presidente do sindicato.
Apesar da greve dos professores da rede estadual de ensino, a Secretaria de Educação de Pernambuco continua com o cronograma gradual de retomada das atividades presenciais, que também prevê no dia 26 de abril a volta das atividades presenciais dos estudantes dos 8º e 9º anos do ensino fundamental e do 2º ano do ensino médio.

A Secretaria de Educação e Esportes (SEE) informou, em nota, que com o entendimento do TJPE sobre a segurança do retorno das atividades presenciais nas escolas no modelo híbrido, quase 90% dos professores da rede retornaram às salas de aula na última segunda-feira (19), quando os estudantes do 3º ano do Ensino Médio, Ensino Fundamental Anos Iniciais e Educação Infantil puderam voltar às escolas.
"O balanço da SEE aponta, ainda, que 55% dos estudantes destas etapas de ensino comparecerem às unidades de ensino nesta segunda-feira. Ressaltamos que todas as escolas da rede estadual foram preparadas desde o ano passado atendendo a todos os critérios estabelecidos no Protocolo Setorial o que inclui a instalação de lavatórios, de dispenser de álcool em gel, comunicação dos protocolos e arrumação das salas obedecendo ao distanciamento social. Neste sentido, seguiremos atuando na busca por uma retomada segura. Por fim, reforçamos que a decisão sobre a retomada ou não dos estudantes as salas de aula é dos pais, responsáveis e do próprio estudante. As aulas remotas seguirão sendo ofertas na plataforma do Educa-PE".
Da redação | PE+ Notícias
Com informações do Diario de Pernambuco

Anúncios

 


Estabelecimento comercial pega fogo em Santa Cruz do Capibaribe

Fotos: Jefferson Felipe (Agreg Imagem)
No início da manhã desta terça-feira (20), um estabelecimento comercial pegou fogo no bairro Neco Aragão, em Santa Cruz do Capibaribe, região Agreste do estado de Pernambuco. Na ocasião, as chamas tomaram grandes proporções rapidamente e dificultaram o combate ao incêndio.


O Corpo de Bombeiros foi acionado e minutos após chegarem ao local conseguiram controlar as chamas. Apesar disso grande parte do estabelecimento ainda foi destruído pelas chamas, totalizando uma série de prejuízos materiais para o proprietário.


Ninguém ficou ferido no incêndio. No local, integrantes da Defesa Civil e moradores ajudaram o comerciante a retirar no local o que não foi danificado pelas chamas.

Da redação | PE+ Notícias
Com Informações do Blog do Bruno Muniz

19 de abr. de 2021

Sustentabilidade ─ Fábrica de jeans no Nordeste consegue produzir peças gastando 90% menos água


A Riachuelo, dentro da plataforma de sustentabilidade Moda Que Transforma, conseguiu reduzir em até 90% o consumo de água na produção de jeans. A marca, que tem o maior parque fabril da América Latina considerando suas fábricas em Natal e Fortaleza, se tornou 100% mais sustentável, com utilização de energia 100% renovável, menor consumo de água e químicos nos processos de fabricação do jeans, além do uso de algodão e fibras têxteis mais sustentáveis.

No processo de produção do jeans, que desde 2019 se concentra na fábrica de Guararapes, em Fortaleza, há uma redução de até 90% no consumo da água em relação aos processos convencionais e uma redução de até 85% na utilização de químicos. Uma lavanderia convencional usa em média de 40 a 70 litros de água por peça produzida, a depender do processo de fabricação. Na Guararapes, com as práticas sustentáveis, a fábrica conseguiu atingir uma média de uso de apenas três litros por peça. O objetivo do grupo é reduzir ainda mais, chegando a 100 ml por peça .
“Mais do que nunca, o mercado está atento a uma agenda ambiental e social, e a Riachuelo tem em seu DNA a sustentabilidade e a inovação. O jeans que produzimos em Fortaleza representa o resultado de investimentos importantes em tecnologia, execuções e procedimentos fabris mais limpos e congruentes. É uma vitória expressiva para a indústria do varejo de moda e para nós como empresa brasileira pioneira neste quesito”, afirma Valesca Magalhães, gerente de Sustentabilidade da Riachuelo.
Na produção do jeans da linha Smart da Riachuelo são aplicadas tecnologias como o ozônio, que permite a desengomagem, limpeza e clareamento das peças sem uso de água e químicos; o laser, que dá o toque de customização de estilo e reproduz efeitos manuais de desgaste do jeans, além de eliminar químicos e trabalhos manuais que poderiam ocorrer nessa etapa do processo; e a enzimagem por nebulização, que consiste em um processo biodegradável, que dá um aspecto de peça usada e desgastada e gera amaciamento.

As peças que saem da fábrica – que hoje dedica 25% de sua capacidade à linha Smart – levam uma etiqueta especial para identificar peças mais sustentáveis.
“Para nós, a agenda de sustentabilidade no varejo é urgente. É fundamental que a indústria considere novos formatos de produção para desenvolver peças com menos impacto ambiental e social”, diz Valesca.
Da redação | PE+ Notícias
Com informações do Blog do Bruno Muniz

Anúncios

 


Com mais de 100 votos de frente, Léo do Ar é eleito novo presidente da UVP

Foto: Blog do Alberes Xavier
O Vereador Léo do Ar (PSDB) da cidade de Gravatá, foi eleito no último domingo (18), presidente da UVP (União de Vereadores de Pernambuco) para o biênio 2021/2023. A eleição aconteceu na Escola Modelo de Gaibú – Professora Maria Thamar Leite da Fonseca na cidade do Cabo de Santo Agostinho e contou com três candidatos.

O vereador Leo do Ar venceu com 421 votos conforme apurou o Blog do Alberes Xavier, para a conquista, teve o apoio do atual presidente da UVP, Josinaldo Barbosa e do deputado e presidente estadual dos Progressistas, Eduardo da Fonte e outros líderes políticos do estado. Os outros dois candidatos, Zé Raimundo (PP), da cidade de Serra Talhada obteve 300 votos. Já Welber Santana (MDB) de Carnaubeira da Penha conquistou 204 votos. Estavam aptos a votar 1.291 vereadores pernambucanos, porém, compareceram às urnas 926 parlamentares.

Leonardo José da Silva, ou simplesmente, Léo do Ar é natural da cidade de Bezerros, preside pela terceira vez a câmara de vereadores de Gravatá. Com a conquista, Léo do Ar tem a missão de fortalecer a classe e reestrutura a UVP para voltar ao protagonismo em Pernambuco. Léo teve como vice Zé de Benga (Avante), da cidade do Cedro.

Com mais de 40 anos de existência, a UVP é uma das principais entidades representativas de vereadores e Câmaras Municipais do Brasil. Destaca-se pela unidade da categoria, defesa dos interesses do Parlamento Municipal e prestação de serviços aos associados. A entidade também tem o papel de nortear o governo do Estado na elaboração de políticas públicas para a população.

Da redação | PE+ Notícias
Com informações do Blog do Alberes Xavier

Capitão da reserva da Policia Militar e mais cinco são presos por suspeita de crimes contra caixas eletrônicos em Pernambuco

Material apreendido pelos policiais na operação - Foto: Divulgação/PRF
Cinco homens e uma mulher suspeitos de integrarem uma quadrilha suspeita de furtos a envelopes de caixas eletrônicos foram presos na noite do último sábado (17) no Recife e em Igarassu, na Região Metropolitana da capital pernambucana.

Entre os presos, está um capitão da reserva da Polícia Militar de Pernambuco suspeito de envolvimento no roubo de 61 armas de batalhões no Sertão do Estado, em 2009.

Segundo a Polícia Federal (PF) em Pernambuco, as prisões ocorreram na BR-101, em Igarassu, e em um hotel localizado no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul da capital pernambucana. Diversos equipamentos utilizados para retirar os envelopes dos caixas eletrônicos nas ações criminosas foram apreendidos com os suspeitos.

A PF divulgou a ocorrência nesta segunda-feira (19). Os membros da quadrilha seguem presos na carceragem da Delegacia de Polícia Federal, no Bairro do Recife, área central da capital pernambucana, onde aguardam a audiência de custódia. A ação que resultou nas prisões dos suspeitos foi integrada com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Civil de Pernambuco.

Equipes da PRF e da Polícia Civil realizavam uma fiscalização no quilômetro 29 da BR-101, em Igarassu, quando abordaram um carro tipo utilitário, que era ocupado por uma mulher e dois homens.
"Dentro do veículo, foram encontrados dispositivos utilizados para retirar envelopes e os policiais descobriram que outra parte do grupo estava em um hotel em Boa Viagem", informou a PF, em nota.
Vários materiais usados nos crimes foram encontrados (Foto: Divulgação/Polícia Federal)
A Polícia Federal enviou uma equipe ao hotel para verificar se havia mais membros do grupo hospedados no local. Após uma verificação, outros três homens foram detidos e mais material para retirar envelopes foi apreendido no hotel.

O capitão da reserva da PM suspeito do roubo de 71 armas de batalhões da PM na região de Salgueiro, no Sertão de Pernambuco, em 2009, será submetido à Justiça Comum e seguirá os procedimentos previstos pela lei que institui o Código dos Militares Estaduais, em Pernambuco.
"Quando devidamente comprovada conduta inaceitável, respeitando o amplo direito à defesa e ao contraditório, ele responderá a um procedimento administrativo chamado Conselho de Justificação", diz a nota da polícia.
O assalto a quartéis da PM de Pernambuco ocorreu em 12 de outubro de 2009. Foram roubadas 61 armas, entre pistolas, fuzis e metralhadoras de cinco batalhões da PM em Salgueiro e nas vizinhas Verdejante, Terra Nova, Serrita e Parnamirim.

A Corregedoria Geral da Secretaria de Defesa Social (SDS) informou que está reunindo informações acerca da investigação envolvendo o oficial da reserva preso. Nesta segunda-feira, deverá ser instaurado um Processo Administrativo Disciplinar para apurar a conduta do policial da reserva.

O capitão da reserva já havia sido investigado por simulação de sequestro. Em 2009, no roubo das armas, ele havia dito que teria sido sequestrado com a esposa e a filha, feitos reféns e forçado a entregar as armas para a quadrilha. As investigações, no entanto, mostraram que ele era, na verdade, conivente com o crime.

Todos os presos foram encaminhados, junto com o material apreendido, à Delegacia da PF, no Bairro do Recife.

Na ação, ainda foram apreendidos R$ 7.200, quatro aparelhos celulares e dois automóveis.

Todos os presos foram autuados pela prática dos crimes contido no artigo 2º da lei 12.850/2013 por promover, constituir, financiar ou integrar, pessoalmente ou por interposta pessoa, organização criminosa, cujas penas variam de três a oito anos de reclusão e multa.

A Polícia Federal deve divulgar mais informações sobre o caso ainda nesta segunda-feira.

Da redação | PE+ Notícias
Com informações da Folha PE

Anúncios

 


.

.