10 de jul. de 2020

Parque das Feiras e Moda Center seguem fechados mesmo após liberação de comércio e shoppings no Agreste


Os centros de compras localizados nas áreas das feiras do Polo de Confecções do Agreste, como o Parque das Feiras, em Toritama, e o Moda Center Santa Cruz, em Santa Cruz do Capibaribe, não poderão reabrir na segunda-feira (13). Apesar da liberação do funcionamento do comércio varejista e shoppings centers, as feiras não foram autorizadas a funcionar pelo Governo de Pernambuco.

De acordo com a secretária-executiva de Desenvolvimento Econômico, Maíra Fischer, o decreto proíbe o retorno destas atividades, que podem continuar funcionando como pontos de coleta.
"A gente vai fazer essa discussão com todo o setor para entender o momento em que a gente vai poder flexibilizar. A gente está avançando nos protocolos de funcionamento, eles terão protocolos específicos para funcionamento, e a partir do momento em que estivermos com isso concluído, vamos poder dar início à conversa da possível data da retomada, mas tudo vai depender dos números [da saúde] da região", declarou, em entrevista à TV Jornal Interior.
A Prefeitura de Toritama chegou a informar, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico municipal, que o Parque das Feiras poderia ser reaberto, cumprindo os protocolos de segurança estabelecidos. Apesar disto, a representante do Governo do Estado negou que a liberação.
"Eles [o Parque das Feiras não estão autorizados ainda pelo decreto, o decreto impede o retorno desse estabelecimento, assim como o do Moda center e similares. A Feira da Sulanca também não está autorizada a retornar, eles vão poder voltar mais na frente, mas não chegou ainda esse momento", afirmou.
Em nota, a administração do Moda Center informou que aguarda o posicionamento do Governo sobre a data para que possa voltar às atividades, "com segurança e no momento certo".

De acordo com a secretária, mesmo reconhecendo a importância da atividade para a economia da região, a reabertura ainda está sendo avaliada.

O Polo Caruaru, que fica distante do local em que a Feira da Sulanca é realizada, anunciou a reabertura na segunda, seguindo as recomendações das autoridades sanitárias. A secretária não citou o centro de compras na entrevista.

O Governo do Estado informou que a reabertura destes estabelecimentos está prevista para a etapa 7 do Plano de Convivência, ainda sem data de implantação.

Confira as atividades autorizadas a funcionar:
  • Lojas do varejo de rua (no horário das 9h às 18h);

  • Shopping centers com até 30% de capacidade de público (no horário das 11h às 19h ou das 12h às 20h);

  • Salões de beleza e serviços de estética (novos protocolos);

  • Concessionárias e serviços de locação de automóveis e de vistoria de veículos (50% dos funcionários de vendas);

  • Construção civil com 100% do efetivo.
Da redação | PE+ Notícias
Com informações do NE10 Interior

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.