1 de mar. de 2020

Confirmado segundo caso de coronavírus no Brasil em São Paulo

Foto: Cadu Rolim/Fotoarena/Estadão Conteúdo
O segundo caso de coronavírus no Brasil foi confirmado neste sábado (29), em São Paulo. O paciente é um homem de 32 anos que esteve na Itália, assim como o primeiro divulgado no país. Ele retornou ao Brasil na última quinta (27) e foi encaminhado para o Hospital Albert Einstein no dia seguinte. A informação é do Ministério da Saúde, que foi notificado pela Secretaria de Saúde de São Paulo. Até o momento, o Ministério da Saúde (MS) monitora 182 casos suspeitos e dois confirmados no país. Já foram descartados 71 casos.

Em uma nota curta, o ministério diz que esse novo caso também foi "importado", pois o paciente esteve na Itália. 
"Não há evidências de circulação do vírus em território nacional. O Ministério da Saúde, em conjunto com a secretaria, está consolidando as informações e divulgará nota ainda hoje", diz o comunicado.
Durante o atendimento o viajante relatou febre, tosse, dor de garganta, dor muscular e dor de cabeça. O quadro clínico foi considerado leve e estável. 
“A orientação foi de isolamento domiciliar, uma vez que o quadro clínico é leve e estável. O hospital adotou todas as medidas preventivas para transmissão por gotículas”, diz nota divulgada pelo ministério na noite de sábado (29).
As secretarias estadual e municipal de saúde de São Paulo e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) procuram as pessoas que possam ter tido contato com o paciente durante o voo ou em outros locais.

O Ministério da Saúde ainda informou que seguirá um novo fluxo de consolidação dos dados relativos aos casos de coronavírus no país, adotando integralmente os dados repassados pelas secretarias estaduais. Assim, haverá uma descentralização da consolidação dos casos, com o objetivo de dar agilidade de resposta à doença. Antes, as notificações feitas pelos Estados, eram reanalisadas pela equipe do Ministério da Saúde.

Esses ajustes no novo fluxo dos dados estão sendo feitos neste fim de semana, por isso, as informações sobre os casos de coronavírus voltarão a ser atualizadas diariamente somente na segunda-feira (2). 
"A partir de agora as secretarias estaduais ficarão responsáveis por fazer a análise dos seus casos. Depois enviarão os dados mais refinados para o Ministério da Saúde", explicou o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, na nota.
Laboratórios

O Ministério informou que o mesmo processo foi feito com relação aos laboratórios para realização de exames para o coronavírus. Inicialmente, o diagnóstico era feito apenas pela Fiocruz, no Rio de Janeiro. Agora, também são considerados laboratórios de referência nacional e estão capacitados a ajudar o Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, o Instituto Evandro Chagas (IEC), no Pará, e o Lacen Goiás, em Goiânia.

Na próxima quinta-feira (5), o Ministério da Saúde vai reunir um conjunto de especialistas para discutir a situação do coronavírus no Brasil, em busca de ações necessárias para o enfrentamento do vírus.

Da redação | PE mais
Com informações do Diario de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.