5 de ago de 2019

"O povo está dizendo que eu preciso ser o candidato", diz Evilásio em áudio do Whatsapp

Devido ao péssimo momento político que vive o prefeito de Taquaritinga do Norte, Lero Ivanildo (PSB), os bastidores do grupo Calabar estão fervendo e militantes do grupo se dividem nas discussões sobre a eleição de 2020. Alguns acham que o prefeito deve disputar a reeleição, enquanto outros não concordam devido ao momento ruim que o gestor atravessa, tanto no campo político como administrativo.

Tivemos acesso a uma discussão no grupo de whatsapp intitulado Grupo Calabar Lero e Gena, onde o Assessor de Gabinete Hidequel Dilarrok questionou a possibilidade do ex-prefeito Evilásio Araújo ser o candidato do grupo nas eleições do ano que vem.

A resposta do ex-prefeito veio logo em seguida, Evilásio respondeu em tom de indignação a maneira como alguns assessores de Lero rebateram a possibilidade de uma possível candidatura sua.

O ex-prefeito começou falando sobre a questão de Lero ir ou não para uma disputa buscando a reeleição.

"Não existe uma obrigatoriedade de quem é prefeito ir pra uma reeleição, ele tem o direito, agora esse direito dele, ele tem que balizar com o direito dos outros. Porque quando Zeca foi, ele estava estava bem avaliado. Quando eu fui, eu também estava bem avaliado. Se Lero for agora e for bem avaliado a gente vai estar com ele. Ele tem direito de ir pra reeleição, mas a gente tem que ver quem é de interesse do povo", disse.
Em seguida, Evilásio afirmou que o povo é quem está pedindo que ele seja candidato do grupo Calabar.
"Eu não sou um rato, por que tem muito rato que estão deixando o barco, eu não, eu sou um gato, eu estou miando. Agora isso merece respeito, eu não estou indo pro povo dizendo que quero ser candidato não, é o povo que está dizendo que a gente precisa ser o candidato, mas Lero sabe muito bem disso", afirmou.
Depois, Evilásio fala sobre episódios que antecederam a eleição de 2016, quando havia um racha político entre ele e Lero.
"Eu e Lero, a gente tinha um compromisso, e Lero foi quem deixou de honrar ele, e se você quiser eu vou no rádio dizer, mas eu briguei foi com Lero, não briguei com os outros não. Lero foi simbora apoiar Zé Augusto, que no fim nem foi Zé Augusto, foi Teobaldo, e eu é quem não presto? Eu não aceito isso não, nem de você, nem de Lero, nem de ninguém!" Retrucou.
Ouçam o áudio completo com a fala de Evilásio Araújo:


O áudio que vazou do grupo Calabar reabre uma ferida que nunca sarou no grupo de situação, a briga entre Evilásio e Lero estava apenas adormecida e tende ganhar novos capítulos nos próximos dias.

Da redação | PE mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.