26 de jul de 2019

Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe e Rotary Club entregam ‘Gelatecas’ no Parque Florestal


Na manhã desta quinta-feira (25) a Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e a Gerência do Meio Ambiente e o Rotary Club, realizaram o ato de entrega de cinco 'Gelatecas' no Parque Florestal Fernando Silvestre da Silva.

O projeto conta com a implantação de cinco geladeiras que estão em desuso e foram batizadas de “gelatecas”. Elas servirão como uma biblioteca móvel que ficarão espalhadas em pontos estratégicos da cidade. Irão receber as geladeiras, as Avenidas 29 de Dezembro e Padre Zuzinha, a Praça de Alimentação e o próprio Parque Florestal.

As cinco geladeiras trazem cada uma um tema diferente, distribuídos em livros de cordel, Santa Cruz Antiga, história da sulanca e sobre a fauna. Ao todo o projeto já conseguiu arrecadar mais de 500 livros que foram doados pela sociedade civil organizada e por escolas municipais.

O prefeito Edson Vieira participou da solenidade de entrega e comentou sobre a iniciativa. 
“Ao abrir uma geladeira como essa estamos dando vida as pessoas e despertando a intuição da leitura, além de levar cultura, conhecimento e aprendizagem. Agradeço ao Rotary Club pela união com nossa gestão e afirmo que projetos como esse serão sempre apoiados pela prefeitura”, afirmou.
A deputada estadual Alessandra Vieira parabenizou a ação e demostrou interesse em ampliar ainda mais a ideia. 
“Vamos realizar uma busca ativa para implantarmos esta ideia nos bairros mais afastados do centro. É muito importante que a sociedade possa ter acesso a essa iniciativa”, pontuou.
O gestor do Meio Ambiente, Marivaldo Andrade, afirmou que este projeto já era um sonho antigo. 
“Tivemos a ideia e se juntamos com o Rotary que também pensava algo semelhante. Vamos levar cultura e incentivo a leitura dos nossos frequentadores destes espaços. Peço a colaboração de todos para a doação de mais livros para ampliarmos este projeto”.
“Sabemos da importância de levar o conhecimento as pessoas que muitas vezes não tem acesso a um espaço em que possam despertar sua imaginação. Estes livros que estão aqui possibilitam a amplitude do conhecimento e é uma forma de cativar nossos jovens para a importância da leitura”, disse o presidente do Rotary Club, Admar Barros.
O ato contou com a participação do prefeito Edson Vieira, do vice-prefeito Dida de Nan, da deputada estadual Alessandra Vieira, do secretário de Desenvolvimento Urbano Gilson Julião e do gestor do Meio ambiente Marivaldo Andrade, além de membros do Rotary Club.


A ideia de implantar este projeto é uma forma de incentivo à leitura, bem como o reconhecimento da cultura local e o reaproveitamento de geladeiras que são descartadas, poluindo o meio ambiente.

Da redação | PE mais
Com informações do Blog Direto Ao Ponto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.