28 de jun de 2019

Wolney diz que Zé Queiroz é o candidato do PDT a prefeito de Caruaru, descarta aliança com Tony Gel e diz que governo Raquel Lyra é “feijão com arroz cru e sem sal”


O deputado federal e presidente do PDT em Pernambuco, Wolney Queiroz, conversou com o blog sobre a eleição de 2020 e pela primeira vez ele confirma oficialmente que o deputado estadual Zé Queiroz será mesmo candidato do partido a prefeitura da cidade.

Ele ainda descartou a aliança com o deputado estadual Tony Gel (MDB) no primeiro turno e voltou a tecer críticas ao governo Raquel Lyra (PSDB), a quem ele chamou de “governo feijão com arroz cru e sem sal”.

Wolney negou ainda que tenha preferência do governador Paulo Câmara pelo PDT na cidade e disse que espera pela volta da aliança com PT e PSB. Segue a íntegra da entrevista:

União com Tony Gel

Existe a possibilidade concreta de uma aliança entre vocês (Wolney e Zé Queiroz) e o deputado estadual Tony Gel?

Zero. Nenhuma. Nunca sequer consideramos essa hipótese. Nos damos bem no campo pessoal, mas temos linhas ideológicas muito diferentes de Tony Gel. E agora falo enquanto presidente estadual do PDT: o nosso partido terá candidato a prefeito de Caruaru no ano que vem.

Então esses elogios recíprocos entre Tony e Zé sao apenas fruto de maturidade política?

Exatamente. Bons sinais de respeito e civilidade.

Zé Queiroz candidato

Então quem seria o nome do PDT para disputar a prefeitura de Caruaru em 2020?

Vou dar uma dica: o nome começa com “Z” e termina com “z”. Ninguém venceu mais eleições para prefeito de Caruaru do que Zé Queiroz. Essa é a especialidade dele: vencer eleição pra prefeito. Então faremos uma campanha para ganhar no primeiro turno.

Privilégio junto ao Palácio

Zé Queiroz é da base do governador Paulo Câmara, assim como Tony Gel e o deputado Lessa. Como avalia possíveis múltiplas candidaturas da base governista. Isso não pode ser ruim?

Eu acho é que isso vai ser muito bom. Não vejo necessidade de aliança entre nós pra derrotar Raquel. Quando perguntarmos ao povo de Caruaru se querem manter esse ritmo por mais quatro anos, a resposta será “não”.

O governo está do meio para o fim e não vê uma intervenção marcante na vida da cidade. É um “feijão com arroz” cru e sem sal. Caruaru está ficando para trás, infelizmente.

Aliados reclamam que vocês têm amplo espaço no governo Paulo Câmara e seriam a candidatura favorita do Palácio. Existe mesmo privilégio?

Os espaços não são de Wolney e de Zé Queiroz. São espaços do PDT. Acho que o PDT tem uma média de tamanho semelhante ao de outras legendas da base de apoio ao PSB. Um espaço menor que o do PT, mas um pouco maior que o Solidariedade, por exemplo. Estamos na média.

Aliança com PT e PSB

Durante oito anos o PSB indicou o vice de Zé Queiroz. Existe essa possibilidade de uma nova indicação dos Gomes para essa composição?

No tempo certo, a vaga de vice-prefeito de Zé Queiroz será debatida.

O PT também teve amplo espaço no governo. No entanto, alas do partido defendem uma candidatura própria. Como andam as conversas com o Partido dos Trabalhadores?

Olha, o PT está muito bem acomodado no governo Paulo Câmara e na administração Geraldo Júlio.

Mas o meu foco é aumentar os espaços do PDT, elegendo mais prefeitos e mais vereadores. Esse é meu objetivo. Não tenho conversado com o PT.

Da redação PE mais
Com informações do Blog do Mário Flávio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.