16 de mar de 2019

"O prefeito está querendo ter na câmara o poder que ele não tem na prefeitura", diz Vereador Jurandi

   POLÍTICA | TAQUARITINGA DO NORTE  

Na reunião extraordinária na câmara de vereadores de Taquaritinga do Norte nesta sexta-feira (15), o vereador Jurandi Ferreira fez duras críticas ao prefeito do município, Lero Ivanildo, que atropelou o Poder Legislativo e convocou reunião extraordinária para aprovação de projeto de lei que visa reajustar salário dos agentes de endemias e de saúde.
"Foi encaminhado um ofício para o prefeito do município e para a ilustríssima secretária de Saúde na data de 19 de novembro de 2018, protocolado na prefeitura às 08h13 do dia 22 de novembro do mesmo ano e assinado pela Associação Municipal dos Agentes Comunitários de Saúde sobre a questão do piso salarial e solicitamos a apreciação imediata". Explicou Jurandi ao usar a tribuna.

Sem esconder a indignação, Jurandi seguiu criticando a postura do prefeito, que segundo o vereador, desrespeitou a câmara e os vereadores e tentou enganar os agentes.
"Ao divulgar uma matéria enganosa e atrapalhada no blog da prefeitura dizendo que convocou uma reunião extraordinária, Infelizmente o prefeito está querendo ter aqui na câmara o poder que ele não tem e nunca teve na prefeitura, que mais parece a 'Casa da mãe Joana', onde tem três ou quatro mandando e por isso não dá certo", disparou o vereador.
Ao tentar passar por cima do Poder Legislativo, o prefeito Lero inflamou ainda mais a relação  política que já é bastante desgastada com o presidente da casa. Jurandi finalizou a reunião deixando claro que a câmara é independente.
"Aqui não, o senhor é executivo. Executivo é lá! Aqui é câmara. Aqui 11 vereadores mandam, legislam e administram representando esse poder. E está sobre os meus ombros a função de convocar os vereadores", criticou.
Da redação | PE mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.