11 de out de 2018

José Gomes Filho eleito síndico do Moda Center Santa Cruz


A União dos Confeccionistas, à frente do Moda Center Santa Cruz há oito anos, foi reconduzida à administração do maior centro atacadista de confecções do país. O empresário José Gomes Filho foi eleito hoje (10/10) como o novo síndico e vai gerenciar o parque para o biênio 2018-2020. “A minha expectativa é que eu possa contribuir para o desenvolvimento do Moda Center e da região. 
É um momento de muita ansiedade, pois a responsabilidade é grande. Nossa gestão é formada por 25 pessoas que com certeza vão me apoiar neste percurso”, declarou José Gomes Filho, que finalizou seu discurso de posse registrando que “Santa Cruz já me serviu muito, e estou preparado para retribuir”.
Entre as principais propostas da nova gestão estão dar continuidade ao investimento na divulgação do Moda Center para fora do estado; investir e realizar estudos para melhoria da infraestrutura do centro atacadista; continuar incentivando o processo de formalização dos condôminos e comerciantes do parque; realizar ações de fidelização dos guias de excursões; continuar cobrando das autoridades a conclusão da duplicação da BR-104; investir na capacitação para o quadro de colaboradores do Moda Center; dar continuidade à realização do Estilo Moda Pernambuco, entre outras.


Cinco novos nomes passam a integrar o grupo: Antônio Carlos Batista, proprietário da marca Rastro Ativo; José Fernandes Cezar, da Camisaria Pai & Filhos, de Pão de Açúcar, Taquaritinga do Norte; José Amaro de Oliveira Barbosa, proprietário da marca Allyry Lingerie; Luciano Araújo de Sousa, da marca Toogood; e Janaína Marques Ramos, contadora, ex-presidente Associação Santa-cruzense de Contabilistas (Ascont) e proprietária de loja no centro atacadista. Composta por 25 membros, a chapa conta ainda com os ex-síndicos Valmir Ribeiro (2010-2014) e Allan Carneiro (2014-2018).

NOVO SÍNDICO – O empresário José Gomes Filho nasceu em Patu, no interior do Rio Grande do Norte (RN), onde viveu até os 14 anos. Filho de pais artesãos e agricultores, foi para São Bento, no interior da Paraíba, para fazer o Ensino Fundamental e Médio. Durante a infância e juventude, trabalhou vendendo frutas, dudu e trabalhou numa tecelagem na cidade. Um ano antes de concluir os estudos (1981), começou a trabalhar em um banco como auxiliar de serviços gerais e contínuo.
Dois anos depois, foi promovido à caixa. Em 1985, recebeu nova promoção e foi transferido para Francisco Dantas, outra cidade no interior do RN, para atuar como chefe de seção. Depois, foi promovido a subchefe de expediente, o que equivalia à subgerência de uma agência do porte no interior. Ocupou o cargo até 1996, quando deixou a carreira bancária para se dedicar totalmente à Joggofi, que tinha fundado com a esposa e irmão em 1991.

O foco da empresa sempre foi malharia. Nos primeiros anos, confeccionava roupas para blocos de carnaval, fardamentos e camisetas promocionais. Em 1997, mudou-se com a família para Santa Cruz do Capibaribe, época em que enxergou na cidade a oportunidade de prosperar na área de confecções. Montou uma nova confecção, na qual cortava, riscava tecido, modelava, costurava e vendia, e começou a produzir shorts e camisas de malha. Atualmente, a empresa vende para todo o país, conta com quase 200 colaboradores e produz cerca de 110 mil peças por mês.

Da redação PE mais
Com informações da Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.