2 de out de 2018

Bruno Araújo recebe apoio de bolsonaristas e sinaliza desistência de Alckmin


Com a possibilidade cada vez mais consolidada do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) não chegar ao 2º turno, o deputado federal e candidato ao Senado Bruno Araújo (PSDB) divulgou um vídeo (assista abaixo) ao lado de um dos coordenadores da campanha de Bolsonaro em Pernambuco, dando sinais de que desembarcou da campanha presidencial do candidato de seu partido, a exemplo de outras lideranças de todo o país que integram a coligação do tucano à presidência, mas já declararam apoio ao capitão da reserva.

Nomes como Alberto Fraga (DEM), candidato ao governo do Distrito Federal, que apesar de evitar contrariar a orientação partidária, já declarou voto a Bolsonaro, ou do deputado e candidato ao Senado pelo Rio Grande do Sul, Luiz Carlos Heinze, que apesar de fazer parte do partido e do Estado da vice de Alckmin, senadora Ana Amélia, também declarou apoio ao postulante do PSL à presidência. Grande parte do PP gaúcho concorda com a escolha de Heinze e faz campanha para o militar.

No vídeo, Bruno Araújo (PSDB) aparece ao lado do coordenador das carreatas pró-Bolsonaro no Estado, Coronel Koury. O bolsonarista fala à militância e apresenta Bruno como um dos candidatos de Bolsonaro em Pernambuco e também pede votos para Mendonça Filho (DEM).
"Estou aqui com Bruno Araújo. Vocês têm me perguntado bastante quem é ou quem são nossos candidatos aqui em Pernambuco. O grupo se reuniu e nós entendemos que a pedindo votos dos apoiadores de Bolsonaro. Nós temos que ajudar Bruno a mudar a história do Estado de Pernambuco", convoca.
Em seguida, o tucano também se apresenta aos bolsonaristas.
"Todos que acompanham o nosso trabalho sabem que desde que cheguei em Brasília, em 2007, faço oposição firme aos desmandos do PT (...) hoje nós vivemos um momento crucial pra história do Brasil, que é não deixar o PT retomar as rédeas do país. Eu fico honrado com esse apoio e pode ter certeza que nessa caminhada vai haver uma grande unidade nacional pra não permitir o retorno do PT. estamos juntos, estou agradecido por esse apoio, isso fortalece nossa luta contra o PT", diz Bruno.
Assista ao vídeo:



Da Folha PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.