25 de ago de 2018

Campanha de Diogo Moraes sofre ataque de fake news na internet


Na tarde deste sábado, 25, a circulação de um comunicado falso atribuído ao deputado estadual Diogo Moraes (PSB) foi motivo de polêmica em grupos whatsapp e blogs que confundidamente replicaram a fake news (informação falsa).

A informação trazida de que Diogo Moraes não teria tempo de estar em Santa Cruz do Capibaribe é falsa, assim como o card produzido e propagado com atribuição ao parlamentar.

A Justiça Eleitoral publicou a Resolução 23.551/2017 que trata de condutas ilícitas na campanha de 2018. É crime, de acordo com a Lei 9.504/97, a contratação direta ou indireta de grupo de pessoas com a finalidade específica de emitir mensagens ou comentários na internet para ofender a honra ou denegrir a imagem de candidato, partido ou coligação. Quem contrata esse tipo de serviço pode ser pena de detenção de dois a quatro anos e multa de R$ 15 mil a R$ 50 mil. Já quem produz ou espalha a informação falsa pode ser punida com detenção de seis meses a um ano e multa de R$ 5 mil a R$ 30 mil.

da redação | PE mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.