9 de mai de 2018

Representantes de Santa Cruz se reúnem com chefe da Assessoria Especial do Governo do Estado para pedir melhorias na PE-160


Na manhã desta terça (8), empresários, representantes de entidades comerciais e o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, se reuniram com o chefe da Assessoria Especial do Governo do Estado, Antônio Figueira, para pedir melhorias no perímetro urbano da PE-160 no município, cuja deterioração vem trazendo danos aos moradores, empresários e compradores do Moda Center Santa Cruz, maior centro atacadista de confecções do Brasil, que recebe cerca de 100 mil visitantes por feira.

Participaram da conversa os representantes do Moda Center Valmir Ribeiro (ex-síndico) e George Pinto (gerente geral), o representante da Associação Comercial de Santa Cruz do Capibaribe (Ascap) José Gomes Filho, o representante da Câmara dos Atacadistas de Tecidos de Santa Cruz do Capibaribe Valdir Oliveira e o presidente da CDL do município Bruno Bezerra.


Na ocasião, Edson Vieira destacou que o período da alta estação do Moda Center está chegando, o que significa um aumento de fluxo de visitantes no centro atacadista. “Passamos a receber cerca de 150 mil visitantes por feira, e com a estrada na situação em que está, prejudica essa movimentação”. Bruno Bezerra apontou que a expectativa é que esse seja o melhor período para o espaço de compras dos últimos seis anos. “Mas infelizmente tem motorista de ônibus cancelando idas ao Moda por medo de quebrar o veículo”, afirma.

José Gomes Filho comentou que “o que deveria ser uma vitrine para o Estado, se torna um ponto negativo. O cliente reclama, deixa de vir. Precisamos de uma boa estrutura porque somos um polo de turismo, recebemos por feira o equivalente ao público do espetáculo da Paixão de Cristo de Fazenda Nova”. Outro problema na PE-160 foi apontado pelo representante do Moda Center: a falta de sinalização no trecho duplicado da via. “É algo que vem ocasionando muitos acidentes”, disse.

Após ouvir os presentes, Antônio Figueira informou que as obras já tiveram começo, e que o perímetro urbano da PE-160 será recapeado – o prazo de entrega da obra não foi informado. “Vamos estar sempre vigilantes com a região, porque ela merece atenção, e conseguiu construir um modelo de negócios que é referência”, apontou.

Da redação PE mais
Com informações da Assessoria
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.