26 de mai de 2018

Após princípio de rebelião, internos fogem da Funase de Caruaru

Socioeducandos queimaram colchões e depredaram celas da Funase, em Caruaru (Foto: Taiguara Rangel/G1)
Internos fugiram da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, na manhã deste sábado (26). De acordo com a assessoria de imprensa da Funase, 10 adolescentes fugiram. Destes, quatro foram recapturadas e seis seguem foragidos.
"No momento, todas as áreas do Case Caruaru estão em segurança e sob controle das equipes que atuam no local. As Coordenações de Segurança e de Inteligência da Funase foram mobilizadas até a unidade. A instituição, por meio de sua Corregedoria, vai apurar as responsabilidades pelo ocorrido", disse a unidade por meio de nota.
Na noite da sexta-feira (25), um princípio de rebelião foi registrado na unidade. Três pessoas ficaram feridas durante a confusão.

Entenda o caso
O princípio de rebelião foi logo após às 19h. Na ocasião, os socioeducandos atearam fogo em colchões, depredaram algumas celas e serraram as grades.

Segundo a PM, os internos fizeram um buraco de acesso em um dos módulos da unidade para um beco. No beco, havia uma segunda abertura no muro que dá acesso à parte externa da Funase.

Os feridos foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O estado de saúde deles não foi informado.

Da redação | PE mais
Com informações do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.