29 de nov de 2014

Armando Monteiro Neto deve ser anunciado como ministro na próxima segunda

Foto: Reprodução/Internet
Após dias de especulação, o nome do senador Armando Monteiro Neto (PTB) deve ser oficializado como novo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O pernambucano será o quarto ministro anunciado do segundo mandato da presidente Dilma Rousseff (PT).

A indicação de Armando foi bem recebido pela classe empresarial e conta com o apoio da indústria e é uma busca da presidente Dilma Rousseff de aproximar seu governo do empresariado, que fez críticas ao estilo intervencionista da petista durante o primeiro mandato.

Nas eleições para o governo de Pernambuco, Armando Monteiro disputou com Paulo Câmara (PSB), que foi eleito governador do Estado no primeiro turno.

Ex-presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria) entre 2002 e 2010, Armando deve fazer um breve pronunciamento e conceder uma entrevista coletiva após o anúncio.

Na última quinta-feira (27), o Palácio do Planalto anunciou os novos titulares da área econômica do governo.

Joaquim Levy vai comandar o Ministério da Fazenda e Nelson Barbosa assumirá a pasta do Planejamento, como antecipou Vera Magalhães, editora do ‘Painel’. Eles ocuparão os cargos de Guido Mantega e Miriam Belchior, respectivamente.

Levy e Barbosa, no entanto, não tomarão posse de imediato : eles irão compor equipe de transição e vão despachar no Palácio do Planalto, próximos à presidente Dilma Rousseff.

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, foi convidado a permanecer no cargo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.