PEmais é Mais Pernambuco!

27 de mar. de 2020

Caruaru tem primeiro caso de transmissão comunitária do novo coronavírus


A Secretaria de Saúde de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, informou na noite desta sexta-feira (27), a confirmação do segundo caso de contaminação do novo coronavírus no município. Segundo a nota, a contaminação foi de forma comunitária.

O paciente é um idoso de 90 anos que está internado em um hospital particular no Recife. O quadro de saúde dele é estável.

O primeiro caso confirmado em Caruaru foi divulgado na última segunda-feira (23). A pessoa que estava infectada é uma mulher de 34 anos, que havia viajado para o exterior. Ela estava em quarentena domiciliar desde então, mas recebeu alta e está curada da Covid-19.

Em Pernambuco, são quatro mortes e 57 casos confirmados da Covid-19, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Ciclo do novo coronavírus — Foto: Arte/G1
Da redação | PE mais
Com informações do G1 Caruaru e Região


Brasil tem 92 mortes e 3.417 casos confirmados de novo coronavírus, diz Ministério da Saúde


O Ministério da Saúde divulgou o mais recente balanço dos casos da Covid-19, doença causada pelo coronavírus Sars-Cov-2. 

Os principais números são:
  • 92 mortes

  • 3.417 casos confirmados

  • 2,7% é a taxa de letalidade

  • São Paulo concentra 1.223 casos, e o Rio, 493.
No balanço anterior, que marcou o primeiro mês da circulação do novo coronavírus Sars-Cov-2 no Brasil, os números apontavam 77 mortes e 2.915 casos confirmados. Em relação às mortes, o aumento foi de 19%, e de 17% em relação aos casos do dia anterior.

Da redação | PE mais
Com informações do G1 Bem Estar

Quarta morte pelo novo coronavírus é registrada em Pernambuco

Foto: Omar Haj Kadour/AFP
Nesta sexta-feira (27), Pernambuco confirmou, laboratorialmente, mais uma morte pela Covid-19. Trata-se de um homem de 82 anos, residente do bairro Vasco da Gama, no Recife, que morreu na última quarta-feira (25). O idoso, que deu entrada no Hospital dos Servidores do Estado (HSE) na terça (24), não apresentava histórico de viagem ou contato com caso suspeito ou confirmado, ou seja, trata-se de um caso de transmissão comunitária.

O paciente, levado ao serviço hospitalar pelo Samu com baixa saturação de oxigênio cerebral, foi entubado na unidade de terapia intensiva (UTI) e teve amostras coletadas, após a morte, para a identificação do vírus Sars COV-2. O recifense era diabético, hipertenso e tinha histórico de infecção do trato respiratório. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), ele recebeu assistência médica e priorização por ser considerado um caso de síndrome respiratória aguda grave (Srag). O idoso, no entanto, teve uma piora do quadro clínico, evoluindo para o óbito.

Também foi confirmado, nesta sexta, o primeiro caso em Fernando de Noronha. Trata-se de um homem de 48 anos, funcionário de uma empresa terceirizada, que está em isolamento em alojamento da empresa. Todas as pessoas que tiveram contato com o paciente, um total de 11, estão sendo monitoradas e foram colocadas em quarentena, em quartos isolados e diferentes. O grupo está sendo testado para evitar a propagação do vírus.

Nas últimas 24 horas, a SES-PE registrou mais nove casos do novo coronavírus, totalizando 57 casos confirmados, distribuídos por seis municípios, além do arquipélago de Fernando de Noronha. Há ainda ocorrências de pacientes em outro estado e países. De ontem para hoje, uma nova paciente se recuperou da doença, passando para sete o número de pessoas curadas no estado. Todas as pessoas recuperadas são do sexo feminino. Ao todo, 13 pacientes estão hospitalizados, sendo seis com suporte Intensivo (UTI/CTI). Outros 32 estão em isolamento domiciliar.

Da redação | PE mais
Com informações do Diario de Pernambuco


Homem é preso após ser flagrado com veículo roubado em Taquaritinga do Norte

Na tarde da última quinta-feira (26), indivíduos em um veículo Fiat Palio de cor prata, tomaram de assalto em veículo Fiat Uno, de cor prata, na estrada do Sítio Mateus Vieira, zona rural de Taquaritinga do Norte, no Agreste de Pernambuco.

Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)
Neste momento, os acusados tomaram destino ignorado, sendo que a GT de Toritama recebeu informações que havia no veículo Fiat Uno de cor prata parado por trás do parque das feiras na cidade de Toritama, o efetivo seguiu para o local e chegando o veículo saiu em alta velocidade, sendo realizado o acompanhamento tático e abordado a pessoa de João Pedro da Silva, de 24 anos, conhecido popularmente como "João Buraco", que estava conduzindo o veículo.

Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)
João Pedro, ao ser indagado relatou que havia ganhado o valor de R$ 50 reais, de uma pessoa para deixar o veículo em um posto de combustível, localizado às margens da rodovia BR-104, em Pão de Açúcar, distrito da Dália da Serra.

João Pedro reside na Rua Severino Vieira no loteamento Serrinha em Pão de Açúcar. O mesmo já cumpriu pena no presídio de Santa Cruz do Capibaribe, sendo solto através de alvará de soltura.

Diante dos fatos, envolvido juntamente com o veículo foi conduzido para a delegacia de plantão de Santa Cruz do Capibaribe, onde foi reconhecido pelas vítimas do assalto como sendo um dos autores. O mesmo foi autuado em flagrante pela autoridade policial.

Da redação | PE mais
Com informações do Blog do Bruno Muniz

Loja Americanas em Santa Cruz do Capibaribe é interditada


Na última quinta-feira (26), as unidade das Lojas Americanas em Santa Cruz do Capibaribe foi interditada devido ao descumprimento dos decretos estaduais e municipal que visam o fechamento do comércio devido a pandemia de coronavírus.

O empreendimento, de acordo com o Procon, não se enquadra nos segmentos de estabelecimentos que podem funcionar durante este período de quarentena. 

Segundo informativo do Procon, a loja estava liberada para comercializar produtos de primeira necessidade, mas passou a disponibilizar ovos de páscoa como nos itens comercializados neste período, sendo então interditada.

Da redação | PE mais
Com informações do Blog do Bruno Muniz


Ministério da Saúde libera mais R$600 milhões para ações de combate ao Coronavírus

O Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, divulga dados atualizados sobre novo coronavírus no país – Foto: Fábio Rodrigues Pozzebon
Mais R$ 600 milhões estão sendo liberados para estados e municípios a fim de reforçarem o plano de contingência para o enfrentamento da pandemia de coronavírus (covid-19). Além disso, R$ 400 milhões já haviam sido enviados a todos os estados este mês.

A orientação do Ministério da Saúde é que cada estado defina com as prefeituras os valores destinados a cada município. O dinheiro poderá ser utilizado em ações de assistência, inclusive para abertura de novos leitos ou custeio de leitos já existentes nos estados e municípios.
“Nós vamos repassar R$ 600 milhões aos municípios de acordo com a pactuação local. Cada estado vai fazer hoje a sua divisão, de como vai fazer a alocação dos recursos”, disse o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.
Segundo ele, a partir desta quinta-feira (26), os estados devem informar o ministério sobre os municípios com atendimento de maior complexidade. 
“A partir disso, a gente repassa o recurso para que os municípios utilizem da melhor forma possível no que houver necessidade”, explicou o ministro.
De acordo com o ministério, a distribuição do recurso é proporcional ao número de habitantes de cada estado, que deverá definir os locais de atendimento de maior complexidade e, assim, maior necessidade de reforço orçamentário.
“São, no mínimo, R$ 2 e, no máximo, R$ 5 por habitante. Na semana passada, o Ministério da Saúde já havia destinado R$ 432 milhões para auxiliar os estados e municípios no enfrentamento da pandemia.”
Da redação | PE mais
Com informações da Folha de Caruaru

Inflação pode ficar em 2,6% este ano diz, Banco Central


A inflação oficial do país, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), pode ficar em 2,6% neste ano, de acordo com o Relatório de Inflação divulgado nesta quinta-feira (26) pelo Banco Central (BC), em Brasília. Em 2021, a previsão é que a inflação suba para 3,2%, chegando a 3,3%, em 2022.

No relatório, o BC faz projeções considerando quatro cenários com expectativas para a taxa básica de juros, a Selic, e para o câmbio.

Para essas estimativas, foram consideradas as projeções do mercado financeiro relativas aos finais de ano para a taxa Selic (3,75% ao ano, em 2020, 5,25% em 2021 e 6% em 2022), e para o câmbio (R$ 4,35, em 2020, e R$ 4,20, em 2021 e 2022).

Nesse cenário, em relação ao Relatório de Inflação de dezembro de 2019, a projeção para 2020 caiu em cerca de 0,9 ponto percentual para 2020, 0,2 ponto percentual para 2021 e 0,1 ponto percentual para 2022.

Assim, a inflação ficará próxima do limite inferior da meta para este ano. O centro da meta é 4%, com limite inferior de 2,5% e superior de 5,5%. Para 2021, a meta é 3,75% e para 2022, 3,50%, com intervalo de tolerância para cima ou para baixo de 1,5%.

Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, estabelecida atualmente em 3,75% ao ano pelo Comitê de Política Monetária (Copom).

Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

E quando o Copom aumenta a taxa básica de juros, a finalidade é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

A manutenção da Selic indica que o Copom considera as alterações anteriores suficientes para atingir a meta de inflação.

Mais números

No cenário com taxa Selic (4,25% ao ano) e câmbio (R$ 4,75) constantes, a inflação vai ficar em 3% este ano, em 3,6% em 2021, e 3,8% em 2022.

Se for considerada a Selic projetada pelo mercado financeiro e o câmbio constante, a inflação fica em 3% em 2020, em 3,6% em 2021, e 3,5%, em 2022.

No cenário com Selic constante e câmbio projetado pelo mercado financeiro, o IPCA será 2,6% este ano, 3,2%, em 2021 e 3,6% em 2022.

Próximos meses

O Banco Central projeta inflação em 0,15%, 0,21% e 0,02%, respectivamente, nos meses de março, abril e maio.

Se essas estimativas se concretizarem, a alta de 0,38% no trimestre será a menor variação para o período de série histórica do IPCA desde janeiro de 1980 e “consideravelmente inferior” à observada entre março e maio de 2019 (1,46%). Isso levará à desaceleração da inflação acumulada em 12 meses, de 4,01% em fevereiro para 2,90% em maio de 2020.

Da redação | PE mais
Com informações Site Espiaqui


26 de mar. de 2020

Brasil tem 77 mortes e 2.915 casos confirmados de novo coronavírus, diz Ministério da Saúde


O primeiro mês da circulação do coronavírus Sars-Cov-2 no Brasil deixou 77 mortes e 2.915 casos confirmados. Os dados são do balanço do Ministério da Saúde, que compilam os dados repassados pelas secretarias estaduais até as 17h30 desta quinta-feira (26).

Cardíacos, homens e pessoas acima de 60 anos estão entre os grupos que tiveram mais casos graves e mortes neste mês. O balanço aponta ainda que, nesta tarde, o país tinha 194 pacientes internados em UTIs e outros 205 em enfermarias.

Em relação ao dia anterior, quando o balanço apontava 57 mortes, houve um aumento de 35%. Em relação aos casos, que somavam 2.433 casos na quarta, a alta foi de 19%. Dos casos, 1.665 estão no Sudeste. No Brasil, a taxa de letalidade é de 2,7%.

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, afirmou que a pasta não vai dar projeção de qual a estimativa de casos para o próximo mês, mas afirmou que não trabalha com a perspectivas de redução dos casos em abril.
"A previsão é que nós vamos ter 30 dias muito difíceis. Provavelmente nós estejamos aí na fase crítica da pandemia. Nós não vamos começar a reduzir os casos em 30 dias, nós temos uma estimativa maior pra ter a redução dos casos" - João Gabbardo, secretário-executivo.
Mapa dos casos de coronavírus no Brasil — Foto: Arte G1
O Ministério da Saúde chegou a divulgar que o total de mortes era de 78, mas o número foi corrigido pelo governo porque a tabela considerava uma morte a mais no Distrito Federal.

Perfil das vítimas

De acordo com o governo, pessoas com problemas no coração, do sexo masculino e com mais de 60 anos são maioria entre os casos graves e mortes causadas pelo coronavírus Sars-CoV-2 no Brasil.
  • Maior parte dos casos graves e óbitos ocorreu com em brasileiros com mais de 60 anos
  • 58% dos casos graves e 68% das mortes são de pacientes homens

  • Doenças do coração são as principais associadas aos casos graves e mortes

  • Diabéticos e pacientes com outras doenças respiratórias, como asma, também estão casos mais graves
"Vocês podem observar que as curvas estão mais elevadas para os óbitos a partir de 60 anos, mas elas ficam muito mais intensas entre 70 anos ou mais. Por isso, a gente está recomendando que as pessoas acima de 60 anos fiquem em isolamento, cumprindo as orientações", disse Wanderson Oliveira, secretário de Vigilância em Saúde.
100 mil casos em 2 dias no mundo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta quinta-feira (26) que, nos últimos dois dias, o mundo registrou mais 100 mil novos casos de coronavírus. Ao todo, já são mais de meio milhão de pessoas infectadas.

Na segunda-feira (23), a OMS apresentou um balanço dos casos a cada marca de 100 mil para alertar como a pandemia está se acelerando nesta semana: os primeiros 100 mil casos de Covid-19 foram registrados em 67 dias - mas foram necessários apenas mais 11 dias para dobrar e atingir 200 mil casos e outros quatro dias para chegar a 300 mil casos. Agora, a pandemia levou dois dias para somar mais 100 mil novos casos ao balanço.
"A pandemia da Covid-19 está se acelerando a uma taxa exponencial", publicou nas redes sociais o diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus. "Sem ação agressiva em todos os países, milhões poderão morrer", completou.
Da redação | PE mais
Com informações do G1 Bem Estar

Mercadinho é invadido e saqueado no bairro Arruda em Recife

Segundo a PM, estabelecimento foi saqueado por volta das 22h dessa terça (24). (Foto: Cortesia/Whatsapp.)
Um mercadinho foi invadido e saqueado na noite dessa terça-feira (24), no bairro do Arruda, Zona Norte do Recife. De acordo com a Polícia Militar (PM), um grupo de cinco pessoas encapuzadas arrombaram o estabelecimento, localizado no cruzamento da Rua Zeferino Agra com a Rua das Moças, furtando mercadorias. Em vídeo que viralizou nas redes sociais, é possível ver que um painel sendo retirado de dentro do local, com produtos sendo arrancados.

A reportagem não conseguiu conversar com o proprietário do mercadinho para comentar o assunto. Mas de acordo com funcionários, que não quiseram se identificar, além dos produtos saqueados, um computador também teria sido furtado na ação. Vizinhos do estabelecimento reclamam da insegurança nos arredores, como Gilberto, de 58 anos. "Aqui fica um deserto de noite. Quando dá 17h, não fica mais ninguém na rua. A farmácia aqui perto está fechando mais cedo, a padaria anteontem foi arrombada também. É segurança que não tem”, diz.
“Ontem aqui na frente passou apenas um carro da polícia às 10h. Polícia para passar aqui é a coisa mais difícil do mundo. Nem na própria casa da gente temos mais segurança”, acrescenta o morador, que também relata dificuldades no acesso a produtos e serviços. “Para comprar alguma coisa, a gente precisa quase sair do bairro. E se os que têm aqui fecham as portas, vai acontecer o quê? Vai ter saque. Já basta a calamidade que estamos enfrentando", lamenta.
A PM foi acionada por volta das 22h dessa terça. Ao chegar no local, o dono do mercadinho relatou o saque, mas sem conseguir quantificar o prejuízo nem delimitar exatamente o que foi roubado. Equipes do 13º Batalhão da PM, responsável pelo policiamento da região, realizaram diligências para localizar o grupo mas, até a última atualização desta matéria, ninguém foi preso.

Em nota, a Polícia Civil informa que não houve registro de queixa. O delegado de Água Fria, Francisco Lucena, foi até o mercadinho para tentar conversar com o dono, sem sucesso. 
“As diligências continuam. É fundamental, nesse e em qualquer momento, que a população colabore com as polícias, prestando queixas e fornecendo informações sobre os crimes e suspeitos. Essa parceria é essencial para a efetividade da segurança pública”, destaca a instituição.
Denúncias também podem ser feitas de forma anônima pelos telefones 181 e 0800-081-5001. 
“As forças de segurança estão atuando, de forma integrada, sob coordenação do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), para prevenir e coibir qualquer tipo de ação criminosa em Pernambuco, incluindo os crimes patrimoniais, casos de arrombamentos, saques e roubos”, reforça a Polícia Civil.
Da redação | PE mais
Com informações do Diario de Pernambuco


São João da Moda é suspenso em Santa Cruz do Capibaribe


Nesta quinta-feira (26), através de um pronunciamento o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira anunciou o cancelamento da edição deste ano do São João da Moda 2020, devido a pandemia do COVID-19.

O evento se tornou um dos principais eventos juninos de Pernambuco atraindo milhares de pessoas todos os anos a ''Capital da Moda''.

De acordo com o prefeito os investimentos que seriam destinados para o evento vão ser encaminhados para a Saúde, economia, e área social do município. 

Da redação PE mais

.

.