13 de dez de 2017

André de Paula diz que o PSD está emprestando ao governo Temer o que tem de melhor, que é o seu presidente Gilberto Kassab


O deputado federal e presidente estadual do PSD, André de Paula, esteve falando, durante participação ao programa Cidade em Foco pela Rede Agreste de Radio, comandado pelo radialista Alberes Xavier, sobre sua presença nas festividades de Nossa Senhora da Conceição no distrito de Gravatá do Ibiapina, em Taquaritinga do Norte. 

André elogiou a beleza da tradicional festa de Nossa Senhora da Conceição em Gravatá do Ibiapina. 

"Aqui a gente tem amigos e mais do que amigos, a gente tem a confiança. Sempre sou o deputado federal mais votado aqui em Gravatá do Ibiapina, tenho um carinho enorme por Gravatá. A festa de Nossa Senhora da Conceição tem um característica muito bacana, onde todos os filhos de Gravatá aproveitam para rever as suas famílias, então é um confraternização, uma festa muita agradável", destacou

PSD - O deputado não poderia deixar de comentar questões políticas e na oportunidade falou sobre a relação do PSD com o governo do presidente Michel Temer.
 "O PSD está emprestando o que tem de melhor, que é o seu presidente, o Gilberto Kassab, que é Ministro da Ciência, Tecnologia e Comunicações (...). Mas, por exemplo, eu diria que é minoritária hoje a ala na Câmara Federal que é aliada automaticamente ao governo Temer", disse. 
Críticas - Mesmo tendo o seu partido na base do governo federal, André de Paula não poupou críticas a gestão do presidente Michel Temer e a forma que tenta-se aprovar a Reforma da Previdência.

 "Não há nenhuma razão para comemorar o governo que nós temos hoje, e isso se reflete nas ruas, nas pesquisas, na forma como as pessoas enxergam esse governo. Esse é um governo que sofre com uma falta aguda de legitimidade", declarou. 

2018 - O parlamentar falou a respeito das eleições 2018 e a indignação que a sociedade possui após o escândalos de corrupção.

 "O grande desafio é fazer com que a nossa indignação, seja enfrentada com a nossa participação e não com a nossa omissão (...). Eu torço que a gente tenha um debate entre os candidatos a presidente, que envolva a sociedade e que discuta o que de fato importa ao país", ratificou. 

Senado - Ao ser questionado sobre a possibilidade de ser candidato a senador, o deputado se disse honrado com a lembrança.
 "Eu me sinto orgulhoso, eu me sinto envaidecido, eu me sinto homenageado com essa lembrança que de fato é recorrente, eu acho que isso decorre de 20 anos de vida pública honrada e honesta (...). Mas eu trabalho e muito para renovar o mandato que o povo de Pernambuco me conferiu, 'o certo mesmo é aquele que resolvo sozinho'. Eu não descarto, eu me sinto honrado, se eu dissesse que não me preparei a minha vida inteira para uma eleição majoritária, eu estaria mentindo", afirmou.

Da redação | PE mais
Com informações do Cidade em Foco 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.