4 de nov de 2017

Orla de Jaboatão dos Guararapes ganha bioduchas

O prefeito Anderson Ferreira (PR) realizou a última vistoria no equipamentoFoto: Matheus Britto/PJG
Banhistas que forem aproveitar a praia em Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, já contam desde a última quinta-feira (2), com uma novidade: as bioduchas. O projeto, de acordo com a Prefeitura, tem custo zero para o município, e é realizado em parceria com a iniciativa privada. Os equipamentos são alimentados por energia solar e abastecidos com água potável. 

A ideia do projeto é garantir banhos saudáveis, mas sem deixar o solo encharcado. Toda a água utilizada vai direto para o reservatório construído abaixo do piso e é drenada, podendo ser reciclada para outros tipos de uso. A bioducha é construída com material reciclável e com acesso às pessoas com deficiência.

Na primeira etapa do projeto, serão instaladas sete bioduchas, localizadas entre a Igrejinha de Piedade e a divisa com o Recife. Até dezembro, devem ser implementados outros dez equipamentos em Piedade, Candeias e Barra de Jangada. 

O acionamento é feito através de cartão pré-pago, que pode ser adquirido junto aos barraqueiros da própria orla por R$ 2,50, e o banho tem duração de um minuto. A BioDucha, empresa parceira, fica responsável pela instalação e manutenção dos equipamentos. Cada equipamento tem um sistema de telemetria que informa sobre a quantidade de água, para ser feito o abastecimento ao longo do dia.

O prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira (PR), ressaltou que o objetivo do projeto é oferecer um serviço de alta qualidade aos banhistas e que, ao mesmo tempo, respeite o meio ambiente.
“Nossa orla passou muito tempo esquecida, mas agora estamos trabalhando para torná-la cada vez mais atrativa. A bioducha é mais uma etapa desse planejamento, como são os totens pet e o incentivo que estamos dando para a retomada do setor imobiliário, com o projeto Jaboatão Invest”, destacou.
Da redação | PE mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.