5 de set de 2017

"Se não fosse a minha introdução na política de Taquaritinga nós não estaríamos respirando", diz Evilásio Araújo

Após divulgação de um parecer prévio do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE/PE) que pede a rejeição das contas do exercício 2014 do ex-prefeito de Taquaritinga do Norte, Evilásio Araújo (PSB), o ex-gestor divulgou, na noite de ontem (04), um texto em grupos de Whatsapp, onde se pronunciou com relação ao tratamento que tem recebido de aliados e sobre as últimas decisões do TCE sobre as contas de sua gestão.

Evilásio Araújo vive drama político e pode completar cinco contas rejeitadas pelo TCE/PE | Foto: Direto ao Ponto
"Fica muito difícil viver uma vida de ex, quando no mínimo o respeito passa deixar de existir. Mas uma coisa carrego comigo, quando fui escolhido pra defender meu povo, não enxerguei barreiras, apenas a oportunidade sem ser oportunista", disse o ex-gestor no início do texto.
O político, que hoje ocupa o cargo de secretário de gestão pública na administração do prefeito e aliado, Lero Ivanildo (PR), se diz incompreendido e chama aliados de ingratos.
"Eu estou lutando como 'ex' pra sobreviver de incompreensões, de pessoas ingratas que esquecem que se não fosse a minha introdução na política de Taquaritinga nós não estaríamos respirando." Em seguida, ele compara sua situação política com o processo de cassação vivido pelo também ex-prefeito, Zeca Coelho (PSDB). "Muito simples de explicar o que fizeram com Zeca, esse grande homem o qual respeito e me espelho, o caminho era de fazer a mesma coisa comigo. Não conseguiram, mas o desejo é que minhas contas sejam rejeitadas e me torne inelegível, inclusive pra alguns do nosso próprio grupo", desabafa.
Em outra parte, o ex-prefeito promete não atrapalhar o grupo Calabar, pede respeito e diz que não roubou.
"Eu estou vivo, não vou atrapalhar a vida do grupo, só não aceito é ser tratado pela conjuntura como um 'Zé ninguém'. Pois se ganhamos, é porque ganhamos, fomos nós. Não fui eu, não foi tu, não foi vós, fomos nós! Agora respeito, isso é bom e eu gosto".
Nos trechos finais, Evilásio critica o TCE, diz estar de consciência tranquila e que vai continuar insistindo em seus posicionamentos.
"Eu não entendo porque usar dois pesos e duas medidas... Hoje o TCE  só me enxerga como o descumpridor da lei. Olhe gente, eu não roubei e não tinha como fazer diferente, a LRF é que está errada, só pune gente honesta", afirma o ex-prefeito, que finaliza ironizando: "Se essa lei que só pune os bons me tirar de circulação, não tem problema, eu vou continuar insistindo, pois quem é mais travoso e insistente é o miserável do satanás, quando não manda o secretário, imagine eu que nem sou satanás e abomino ele".
Caso o parecer venha mesmo com a recomendação de rejeição para a câmara de vereadores de Taquaritinga do Norte, Evilásio Araújo, que já enfrenta grande impopularidade no município, alcançará a marca de cinco contas rejeitadas, podendo tornar-se inelegível e tendo que afastar-se da política devido a quantidade de complicações jurídicas.

Por Paulo Pereira
Da Redação | PE mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.