21 de jul de 2017

"Pernambuco está sem rumo", diz Armando Monteiro

Armando Monteiro, senador | Foto: Folha de Pernambuco
Um dia após se encontrar com o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), que está no centro especulações sobre a ida de dissidentes socialistas para o DEM ou PMDB, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) partiu para o ataque ao governador Paulo Câmara (PSB). O petebista fez uma avaliação da gestão e apontou uma série de problemas, como o aumento da violência no Estado.
"Fiquei um tempo sem dar opinião sobre o governo Estadual e agora, depois de 30 meses, já é possível fazer uma avaliação. Infelizmente a avaliação é ruim. Pernambuco está sem rumo e sem presença no cenário nacional", disse, nas redes sociais, após entrevista à Rádio Santa Maria FM.
Na sua visão, o Estado "vive um retrocesso", que pode ser traduzido pelos índices de violência. 
"Tudo o que conquistamos desde 2007, estamos perdendo. Esse semestre foi o mais violento em Pernambuco dos últimos tempos. É inaceitável. Assaltos, homicídios, insegurança nas ruas. A família pernambucana vive insegura porque o Estado não é capaz de oferecer respostas".
Por fim, o senador destacou que o governador não conseguiu se apresentar como líder.
"O problema é que o governador não foi para a linha de frente, não assumiu a responsabilidade. O verdadeiro líder tem que se apresentar e convocar a sociedade. E isso faltou no atual governador".
Da redação | PE mais
Com informações da Folha de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.