18 de jul de 2017

MPPE recomenda que prefeito de Santa Maria do Cambucá realize adequações no matadouro público

Alex Robevan de Lima, Prefeito de Santa Maria do
Cambucá | Foto: Arquivo pessoal/Facebook
Após receber o relatório de vistoria realizada em 24 de maio pela Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro) no Matadouro Público de Santa Maria do Cambucá, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao prefeito, Alex Robevan de Lima, que implemente uma série de medidas para adequar o estabelecimento no prazo de 30 dias.

As irregularidades encontradas pela Adagro incluem inadequações em currais e na sala de matança, falta de higienização, abastecimento de água insuficiente e tratamento incorreto no que se refere ao descarte de efluentes e resíduos resultantes do abate dos animais, gerando dano ambiental.

Dentre as medidas recomendadas pelo promotor de Justiça Fabiano Morais estão a construção de currais, passarela, rampa, banheiro, canaletas, calhas com grade de proteção, plataforma e ralos. Também devem ser instalados bebedouros para os animais, carretel para retirada das peles, grade de isolamento, chuveiro, serra de chifre, grade de proteção a fim de evitar acidentes com funcionários, dentre outros.

Além disso, áreas construídas deverão obrigatoriamente ser feitas de alvenaria e as paredes, impermealizadas com cimento liso, sem apresentar bordas ou extremidades salientes. O município deve contratar empresa especializada para fazer a dedetização do espaço. Por fim, os funcionários do local devem manter a limpeza da mesa antes de iniciar e finalizar os trabalhos de triparia.

Da redação | PE mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.