21 de jul de 2017

Lero desmoraliza João Eugênio e nomeia Geovane para líder do governo na câmara de Taquaritinga

Na reunião da câmara de vereadores de Taquaritinga do Norte que aconteceu na manhã desta quinta-feira (20) o vereador João Eugênio (PPS) se mostrou totalmente indignado com a escolha do vereador Geovane César para ser o líder do governo municipal na casa legislativa. João havia sido escolhido na semana passada pelo ex-vereador Batata, que atualmente ocupa o cargo de Secretário de Articulação Política do prefeito Lero Ivanildo (PR).

Vereador João Eugênio na tribuna | Foto: Assessoria/Câmara
"Fui pego de surpresa... Na hora que veio o convite do secretário de articulação política, o ex-vereador Batata, durante viagem a Recife na semana passada e de pronto eu aceitei, diferentemente do hoje, líder da casa, Geovane que recusou duas vezes, que inclusive tinha pego a procuração e devolveu", afirmou.
O discurso de João Eugênio na tribuna veio em tom de desabafo e decepção, sem titubear ele cobrou respeito do prefeito do município.
"Peço ao prefeito do município que me dê o respeito devido, pois sou uma autoridade constituída pelo povo do município e não admito que isso aconteça", cravou.
Em seguida, o vereador não poupou críticas a postura política de Geovane e afirmou que o companheiro de bancada tem provocado desunião no grupo de situação.
"Também não posso aceitar o que vem sendo feito pelo nobre vereador, pois é líder do governo e insiste em afrontar os seus pares, como fez com o então presidente da casa, como fez com o vice-presidente ao tentar desmoralizá-lo aqui na tribuna. E agora quer fazer comigo, tentando desestabilizar o grupo Calabar. Componentes do grupo, grandes empresários do distrito de Pão de Açúcar me disseram que estão atentos a isso e que vão procurar o prefeito, porque isso não deve ser admitido por nossa bancada", disse.
A decisão de voltar a atrás pode ter relação com a ligação política entre João Eugênio e o Policial Rodoviário, Fábio de Jairo, que atualmente mantém postura oposicionista ao prefeito. Outro motivo pode ter partido através de articulação do vereador Geovane, que depois de não conseguir ser eleito presidente da câmara, tem usado sua influência com o prefeito Lero para comandar decisões no âmbito político. Com a decisão de escolher Geovane como liderança na câmara, Lero mostra que não tem habilidade para articular e dá demonstrações de que não confia em João Eugênio.
"Eu exijo respeito, represento a sede do município, obtive 710 votos aqui na sede e acho que o povo do nosso município merece respeito", finalizou João, deixando a tribuna visivelmente decepcionado.
Assista o pronunciamento de João Eugênio na câmara:


Por Paulo Pereira
Da redação | PE mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.