30 de jun de 2017

Três barragens que atendem cidades do Agreste estão cheias após chuvas na região

Barragens vão beneficiar Lajedo, Calçado, Jupi e São Bento do Una | Foto: Divulgação
Mais três mananciais que abastecem cidades da região Agreste foram beneficiados com as chuvas dos meses de maio e junho e conseguiram atingir o nível máximo de acumulação. Com os reservatórios cheios, as cidades de Calçado e Jupi, que juntas somam 11 mil habitantes, ficarão livres do racionamento, enquanto que Lajedo e São Bento do Una terão melhorias significativas na oferta de água.

Com condições de armazenar 400 mil metros cúbicos de água, a Barragem de São Jacques, localizada em Lajedo, agora está vertendo, após ficar o período de um ano em colapso. Já a Barragem de Pau Ferro, no município de Quipapá, na Zona da Mata Sul, saltou de 60% para 100% da sua capacidade e acumula 15 milhões de metros cúbicos.

A Barragem de Santa Rita, situada no município de Calçado, e que estava seca há três anos, conseguiu acumular 700 mil litros cúbicos de água com as chuvas e também está vertendo. Com a água de Santa Rita, a companhia poderá abastecer as populações de Calçado e Jupi todos os dias. Agora, a Compesa está trabalhando para realizar a manutenção, testes nas adutoras e ajustes nas estações de tratamento de água e de bombeamento, para que este sistema também volte a operar até o dia 15 de julho. 

As populações de Lajedo e São Bento do Una, que possuem 46 mil e 28 mil moradores, respectivamente, começarão a sentir melhorias na oferta de água também até o dia 15 de julho, quando a companhia concluirá intervenções para melhoria operacional do Sistema Integrado Pau Ferro/ São Jacques.
“Com as três barragens vertendo, vamos poder fazer uma equação para melhorar a oferta de água para as quatro cidades. Após realizar essas mudanças operacionais, é que vamos estudar o novo calendário de abastecimento para Lajedo e São Bento do Una, já que Calçado e Jupi ficarão livre do racionamento”, explica o gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Gilvandro Barbosa. 
Hoje, Lajedo, São Bento do Una e Calçado são abastecidas no regime de cinco dias com água e 25 dias sem. A cidade de Jupi está há três anos em colapso e sendo atendida exclusivamente por meio de carro-pipa. Em setembro do ano passado, a Compesa concluiu uma obra que permitiu aumentar a vazão da adutora de Pau Ferro de 60 l/s para 114 l/s. O empreendimento foi executado com o investimento de R$ 2 milhões feito pelo governo do Estado, em parceria com o governo federal.

Da redação | PE mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.