.

.

17 de jun de 2017

Quatro comidas gigantes animam fim de semana no São João de Caruaru

Bolo de rolo gigante em Caruaru | Foto: Divulgação
Quatro comidas nordestinas de encher os olhos, e em tamanho gigante, serão degustadas neste fim de semana em Caruaru. Os moradores do Salgado estão organizando a terceira edição da festa do Bolo de Rolo Gigante. Já os moradores das Rendeiras irão preparar a Tapioca Gigante. Na Vila Campos, a guloseima será a Macaxeira Gigante e, no Santa Rosa, é a vez do Maior Assado de Milho.

A tapioca nunca esteve tão prestigiada. Mocinha para quem deseja emagrecer, a guloseima será servida em tamanho gigante, com cerca de 300 kg, e deve atrair mais de quatro mil pessoas. Para preparar a tapioca, serão utilizados 60 litros de leite, 150 kg de goma, 25 kg de coco ralado e 120 embalagens de leite condensado de 300 ml. A festa, neste sábado (17), será realizada na Rua 14, no bairro das Rendeiras, a partir das 19h.

A segunda guloseima da noite será o Bolo de Rolo Gigante, que terá 40 metros de cumprimento e será servido na Rua Barão de Caruaru, no bairro do Salgado. A festa terá apresentação da Banda do Rubinho, quadrilhas e grupos de dança, e começa às 19h.
“Os moradores abraçaram a festa, decoram a rua e ajudam na preparação. São seis pessoas envolvidas na cozinha para colocar o bolo no forno. Este ano, terceira edição da festa, a gente espera receber umas três ou quatro mil pessoas”, explica o organizador, Adalberto Fausto.
A Vila Campos, na zona rural, sediará, neste domingo (18), a festa da Macaxeira Gigante. Este ano, o evento completa oito edições e será realizado na Rua Inocêncio Amorim de Souza, a partir das 13h. A expectativa do organizador, Marcílio Bernardo, é de que o evento reúna milhares de pessoas.

Ainda no domingo, os moradores do bairro Santa Rosa organizam o Maior Assado de Milho. A festa, que tem nove anos de tradição, será realizada na Rua Coelho Neto. A organização espera manter a tradição de atrair muitas pessoas, que dançarão ao som de forró pé de serra.

Da redação | PE mais
com informações do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário