6 de mai de 2017

São João de Caruaru perdeu recursos do Ministério do Turismo

Parque de Eventos é o principal polo da festa  (Foto: Divulgação/Ederson Lima - Assessoria)

Ministério do Turismo divulgou na manhã desta sexta-feira (5) a lista das cidades contempladas no edital de propostas relacionadas a festejos juninos para a participação de municípios em ações de promoção, comunicação e apoio à comercialização. A cidade de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, não foi contemplada.

Ao todo, 25 municípios enviaram propostas, das quais 16 foram habilitadas e submetidas à análise da comissão julgadora formada por servidores do Ministério do Turismo e da Embratur. Acabaram sendo contempladas Belo Horizonte (MG), Bragança (PA), Campina Grande (PB), Corumbá (MS), e São Luís (MA).

por meio de nota, a Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru disse que todos os requisitos solicitados pelo projeto foram preenchidos, com exceção de material bilíngue da festa produzido em anos anteriores e aeroporto com voos comerciais em funcionamento, itens de pontuação não atendidos.

"Lembramos que o edital contemplaria cinco cidades do país, uma em cada região, porém, como a região Sul não enviou nenhum projeto, dois municípios do Nordeste que obtiveram melhor classificação foram selecionados", diz trecho da nota enviada.

O atraso na concepção da festa prejudicou Caruaru. Entre os critérios para pontuação, está a divulgação da grade de programação do festejo junino. Outro problema diz respeito ao site do evento.

A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra Informou que a festa será divulgada na semana que vem. "A gente não encontrou nenhuma informação do São João do ano passado, começamos do zero. Estamos fazendo o possível. Aprovamos em tempo recorde a captação de recursos pela lei Roaunet e boa parte do que será investido no São João virá dessa ação", disse a prefeita em entrevista à Rádio Cultura.

O que perdeu 
Fora da lista, Caruaru não vai receber ações previstas para serem realizadas por meio do edital destacam-se press trips – visitas de jornalistas e influenciadores digitais aos destinos -, encontro de negócios, inclusão da festa no Calendário de Eventos Juninos, transmissão ao vivo nas redes sociais do MTur, divulgação dos destinos e cobertura jornalística dos festejos.

Da redação do Blog PE mais
Com informações do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.