21 de abr de 2017

Professores da Rede Municipal de Caruaru anunciam estado de greve

Nas próximas terça (25) e quarta-feira (26) os docentes vão promover duas paradas de advertência e se uma resposta não for dada pode acontecer a greve.

Assembleia foi realizada na tarde desta quinta-feira (20) (Foto: Divulgação/Sismuc)
Em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira (20) os professores da Rede Municipal de ensino de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, decidiram pelo estado de greve. O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Caruaru, Eduardo Mendonça, explicou os motivos da decisão.
"O sinal de alerta foi ligado para a prefeitura. Hoje existem cinco categorias de professores diferentes e o município quer criar ainda uma nova. A prefeitura quer fazer um complemento do reajuste e não é o que a classe deseja. Todos os professores têm direito a uma recomposição de 7,64%, garantido por Lei", disse.
Nas próximas terça-feira (25) e quarta-feira (26) os docentes realizam uma parada de advertência e esperam por uma resposta da gestão municipal.
"Pedimos a compreensão dos pais para esses dois dias de parada. Na assembleia ficou decidido que vamos parar também no dia 28 com a greve geral da categoria", explicou.
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Caruaru (Sinteduc) também aderiu o estado de greve. No dia 5 de maio uma nova assembleia vai ser realizada para definir os rumos da categoria.

Em nota, a secretaria de educação informou que de acordo com a legislação, a prefeitura pagará o piso a todos aqueles professores que ganhavam embaixo do piso, atendendo assim a maior parte do corpo docente de Caruaru. A nota diz que o projeto foi enviado para a Câmara de Vereadores nesta quinta-feira (20).

Ainda segundo a nota, a secretaria também informa que está cumprindo a legislação vigente e, além disso, se criou uma mesa de negociação permanente pela primeira vez na história. O objetivo dessa mesa é ouvir e discutir de forma aberta e transparente com todos os representantes dos trabalhadores do município, incluindo os professores.

Da Redação | PE mais
com informações do G1 Caruaru

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.