18 de jan de 2017

Em Toritama o Prefeito Edilson Tavares conta com o apoio de todos os vereadores, e a Câmara fica sem oposição



Na eleição de 02 de Outubro, o resultado apresentou um Prefeito eleito com pouco mais de 37% do eleitorado, ainda para a Câmara de Vereadores foram eleitos 13 nomes, os quais hoje formam uma base aliada ao governo. 

Naquele momento, eram quatro da base, e nove opositores, que dia menos dia foram se aliando, até chegar ao ponto de no dia da posse a situação já contava com onze dos treze, maioria esmagadora que elegeu por incrível que pareça um presidente de Câmara que acabara de vir da oposição, deixando fora da bancada os Vereadores que chegaram ao poder junto do Prefeito.

Nas contas de inicio de mandato faltavam apenas dois nomes da chamada ''oposição'' para serem conquistados, e não demorou muito para que logo os articuladores, o serviço especial de estratégia do novo Prefeito recrutasse as duas peças. 

Logo que no décimo segundo dia de mandato, coincidente com o dia da apresentação dos Secretários, o Vereador Dió do São João foi anunciado pelo Prefeito como novo aliado da base, e nesse meio tempo as conversas com o Vereador Morica, último a ser conquistado, defensor da campanha e do nome de Lucinha Pereira, foram caminhando para um final feliz entre as partes. O vereador que se pôs um defensor do povo e cobrador das promessas, ''amarelo até o sangue, acertou o convite de estar ao lado do Prefeito, e assim na tarde desta terça-feira (17), oficializou seu apoio à base governista, que conta hoje com todos os Vereadores a seu favor, além de ter um líder do governo, que sinceramente não sei o sentido de existir liderança de um grupo que é todo base, já que o Presidente da Casa fará o papel de líder naturalmente.

A grande pergunta ficará agora, se uma Legislatura totalmente governista fará bem a gestão?. Se são todos situação, qual a serventia do Prefeito ter anunciado um dos seus para líder de uma Câmara que não existe oposição?. 

Onde ficou os discursos de amor e fidelidade jurados aos partidos derrotados?. No final, que tudo seja muito bom mesmo para a sociedade, mas a história sempre mostrou que a vida não terá emoção se não existir o debate de ideias, principalmente na política, que apaixona por seus debates.

'' Não haverá democracia quando se estão todos acomodados com uma única forma de governar.''

Da redação do Blog PE mais

Com informações de Jessé Aciole

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.