24 de nov de 2016

Ex-prefeito de Sanharó é condenado por homicídio

Sessão do Júri foi encerrada na madrugada desta quinta-feira, no Fórum Thomaz de Aquino

O Conselho de Sentença do Tribunal do Júri do Recife condenou o ex-prefeito de Sanharó, Rannieri Aquino de Freitas, e o ex-policial militar, Magel Geovane Calado pelo homicídio do pecuarista José Arnaldo Didier Leite, morto em 2003. 

Ranniere foi sentenciado a 18 anos e Magel a 13 anos de reclusão por homicídio duplamente qualificado, mediante paga e emprego de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

A sessão do Júri, que aconteceu nessa quarta-feira, no Fórum Thomaz Aquino Cyrillo Wanderley, e foi encerrada na madrugada desta quinta-feira. 

Por estar foragido, mesmo após ter sido intimado a comparecer na audiência, Ranniere foi representado pelo advogado de defesa. O juiz autorizou o ex-policial Militar Magel Calado a recorrer da sentença em liberdade

Para o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Ranniere foi o mandante do crime, por se sentir incomodando com a atividade política da vítima, que comumente efetuava ataques contra a integridade do Rannieri, desafiando, acusando de práticas ilícitas, articulando a oposição contra o grupo político de Rannieri, trazendo assim prejuízos eleitorais, perda de votos. 


A mando de Rannieri e mediante pagamento, o ex-policial Militar Magel Calado foi um dos executores do homicídio, junto com o, também denunciado pelo MPPE, policial Militar José Nilson Noronha de Souza, que foi morto a tiros antes da realização desse julgamento.

Da redação do Blog PE mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.