23 de out de 2016

Geraldo Júlio mantém liderança no Recife, revela nova pesquisa


O novo levantamento do Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), encomendado pelo Portal LeiaJá em parceria com o Jornal do Commercio, divulgado neste sábado (22), revela que o prefeito do Recife e candidato à reeleição mantém a liderança no pleito do próximo dia 30. No balanço, ao aferir a intenção de votos de forma estimulada, o socialista aparece com 61% das intenções de votos válidos enquanto o candidato João Paulo (PT) aparece com 39%.

O socialista também foi o mais indicado na pesquisa espontânea com 49% dos eleitores que preferem a sua vitória enquanto 31% apostam em João Paulo. O nível estimado de confiança é de 95% e uma margem de erro estimada de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos. Votos brancos, nulos e os entrevistados que não responderam ou não quiseram responder somam 20%, na pesquisa espontânea e de 19%, na estimulada.

Para o cientista político e coordenador do IPMN, Adriano Oliveira, a nova rodada de pesquisa mostra um quadro de estabilidade.
“Também mostra que o quadro já está definido. Nós podemos afirmar isso com certa tranquilidade. Só o imponderável pode fazer com que o prefeito Geraldo Julio venha a perder essa eleição”, declarou.
Oliveira pontua ser importante destacar alguns fatores quando se observa a diferença entre os dois candidatos.
“Encontramos uma variação negativa do candidato João Paulo. Não sabemos se essa variação negativa irá continuar ou não. Essa é uma pergunta que é preciso fazer pelo fato de que isso indica uma possibilidade de o prefeito Geraldo Julio vir a ampliar sua vantagem”, pontuou.
Outro ponto destacado pelo estudioso da pesquisa é sobre os eleitores de Daniel Coelho (PSDB) e Priscila Krause (DEM) que podem votar no atual prefeito.
“Os eleitores de Priscila e de Daniel continuam migrando para Geraldo. Portanto, neste momento, a vitória de Geraldo Julio fica consolidada. A previsão nesse instante é que Geraldo seja eleito com mais de 200 mil votos neste segundo turno”, afirmou.
A pesquisa foi registrada junto à Justiça Eleitoral, sob o número PE-07679/2016, no dia 16 de outubro de 2016. O objetivo do estudo é investigar a opinião dos eleitores da área de abrangência em relação às próximas eleições assuntos afins. Foram entrevistadas 816 pessoas nos dias 20 e 21 de outubro deste ano.

Crescimento de Geraldo

Na última pesquisa do IPMN, divulgada no dia 15 deste mês, Geraldo Julio obteve 60,2% das intenções de voto, enquanto João Paulo ficou com 39,2%. Sobre o balanço, o coordenador do IPMN já havia dito que “o fato de ter herdado a maior parte dos votos dos outros candidatos que disputaram o primeiro turno também terá peso no resultado final. Assim, ele está consolidando o seu favoritismo”, disse.

Da Redação | PEmais
Com informações do Leia Já

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.