26 de mai de 2016

Jovens católicos montam tapetes de Corpus Christi nas principais localidades de Taquaritinga do Norte


Uma das principais tradições das comemorações do Corpus Christi é a montagem do tapete temático pelo caminho no qual passará a procissão de fiéis católicos. Em geral feito de forma voluntária, a montagem do tapete começa cedo, para que esteja pronto para os festejos que ocorrem à tarde e à noite.

Dezenas de jovens dos movimentos católicos de Taquaritinga do Norte, reuniram-se nesta quinta-feira (26) para realizar a montagem dos tapetes. Eles usam serragem, flores, pó de café, sal e materiais reciclados. Costumeiramente, o padre caminha sobre os tapetes, seguido pelos devotos durante a procissão.

Gravatá do Ibiapina
No distrito de Gravatá do Ibiapina, os jovens do EJC, juntamente com outros membros da comunidade, produziram os tapetes para o dia de Corpus Christi.


Pão de Açúcar
No maior distrito do município, um enorme tapete com a escrição "Corpus Christi 2016" foi montado no chão da avenida bem em frente a Igreja de São José. Apesar do calor intenso, a juventude católica da localidade não arredou o pé antes de finalizar um lindo trabalho.






Taquaritinga do Norte
Na sede do município, os Jovens do EJC contaram com o apoio dos Coroinhas, e de amigos do grupo de formação da Lúmen da Paróquia Santo Amaro, eles realizaram um belíssimo trabalho no centro da 'Dália da Serra'.






Um tapete colorido foi montado na Rua Professor Luiz Carlos, em frente a Igreja Matriz de Santo Amaro. Ao finalizar, os jovens fizeram um vídeo e publicaram no Facebook.


História
A tradição de fazer o tapete com folhas e flores vem dos imigrantes açorianos. Essa tradição praticamente desapareceu em Portugal continental, onde teve origem, mas foi mantida nos Açores e nos lugares onde chegaram seus imigrantes, como por exemplo Florianópolis.

O barroco enriqueceu esta festa com todas as suas características de pompa. Em todo o Brasil esta festa adquiriu contornos do barroco português. Corpus Christi é celebrado desde a época colonial com uma profusão de cores, música expressões de grandeza.

No Brasil, a tradição de se fazer os tapetes de ruas acontece em inúmeras cidades, geralmente com voluntários que começam os preparativos dias antes da solenidade e varam a noite trabalhando.

Por Paulo Pereira | PE mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.