11 de mai de 2016

Diogo Moraes desmente declarações de Lero e não garante apoio a sua candidatura caso não haja união

Em entrevista, na semana passada na mesma rádio, o vice-prefeito Lero (PR) afirmou que não havendo uma união entre as duas partes do grupo Calabar, o deputado Diogo Moraes (PSB) daria total apoio a sua candidatura. Na manhã desta quarta-feira (11), durante participação no Programa Rádio debate, da Rádio Polo FM, o deputado negou as afirmações de Lero.


Visto como a pessoa que pode decidir o impasse entre os pré-candidatos e acreditando que Evilázio Araújo (PSB) e Lero (PR), possam reatar os laços políticos, Diogo reafirma que a união vai prevalecer ao final do processo. Atualmente, Lero e o empresário Gena Lins (PSB) disputam internamente pela vaga na majoritária.
“Na verdade, nós estamos trabalhando e vamos conseguir a união, mas isso já aconteceu em 2008 e, tenho a certeza que em 2016 também vamos conseguir. Até porque, o grupo Calabar é maior do que qualquer uma liderança política e tanto o prefeito Evilázio, o vice Lero e algumas lideranças já entendem isso, e cada um está buscando o seu espaço e vamos decidir de forma interna e tranquila sem sequelas. Tenho certeza que iremos conseguir essa unidade”, falou.
E ‘se’ não acontecer a união…

Diferente do que Lero já havia anunciado, durante o mesmo programa, Diogo não garante apoio ao mesmo, caso todas as tentativas de união sejam esgotadas. Para ele, declarar apoio a um dos dois (Lero ou Gena) agora seria uma decisão precipitada.
“Mas, vai ter união e essa unidade vai acontecer, pois eu tenho conversado com os dois” desconversa e complementa. “E, caso isso vier acontecer de fato, eu terei que tomar uma decisão, mas não posso tomar agora, pois trabalho para essa união”, disse Diogo.
Com informações do blog de Ney Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.