30 de mar de 2016

Com apenas 1%, Jucazinho pode deixar de enviar água para Santa Cruz do Capibaribe nas próximas semanas


Foi divulgado na última terça-feira (29) mais um boletim pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) sobre a situação cada vez mais caótica da barragem de Jucazinho.

A barragem abastece Santa Cruz do Capibaribe e mais 15 municípios do agreste está com apenas 1% de sua capacidade total, que é de 327 milhões de metros cúbicos (m³).

A situação aumenta ainda mais a preocupação nessas cidades, que já passam por um racionamento mais do que rigoroso.

Além disso, elas também enfrentam, além da falta de chuvas, a falta de projetos e soluções por parte da Compesa e dos governos Estadual e Federal para amenizar a situação.

Para não esquecer…

  
Uma solução em curto prazo que poderia garantir por mais alguns meses, pelo menos o volume mínimo de água recebido no atual rodízio, seria a chegada das águas da Barragem do Prata.

O assunto parece ter sido esquecido por parte da classe política local, ficando apenas nas promessas, em propagandas duvidosas que foram veiculadas em emissoras de rádio e também na ingerência por parte da própria Compesa.

Da redação do blog PE mais
co informações do blog Ney Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.