15 de dez de 2015

Polícia Federal cumpre mandados contra Fernando Bezerra Coêlho e Eduardo da Fonte


Os políticos pernambucanos, senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) e deputado federal Eduardo da Fonte, líder do PP na Câmara dos Deputados, também são alvo da Operação Catilinárias, da Polícia Federal. Em conjunto com o Ministério Público Federal, a PF deflagrou nesta terça-feira, 15, a operação, que tem como objetivo o cumprimento de 53 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal, referentes a sete processos instaurados a partir de provas obtidas na Operação Lava Jato. Em Pernambuco estão sendo cumpridos quatro mandados.

No dia 14 de julho deste ano, foram cumpridos mandados judiciais feitos no âmbito da Operação Lava Jato, nos imóveis de Bezerra Coelho e de Eduardo da Fonte (PP), ambos em Boa Viagem, no Recife. Os parlamentares foram acusados de receber dinheiro desviado da Petrobras. FBC foi ministro da Integração Nacional no primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff.

A operação de julho envolveu 40 policiais federais e oito procuradores da República. Além de Fernando Bezerra Coelho e Eduardo da Fonte, líder do PP na Câmara, também foram recolhidos documentos em imóveis de empresários do Estado. Na residência do senador FBC, a PF recolheu, apenas, documentos.

O presidente da Copergás, Aldo Guedes, também foi um dos alvos da investigação da Polícia Federal no Recife dentro da Operação Lava Jato. O empresário pernambucano foi objeto de diligências em sua casa e em uma empresa particular, cuja razão social seria Jacarandá Negócios. Amigo pessoal de Eduardo Campos, o nome de Aldo Guedes ganhou projeção nacional logo após o acidente com o jatinho que levava o candidato socialista, em agosto de 2014.

Publicado por Paulo Pereira | PE mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.