19 de dez de 2015

“Lero ainda sonha com o apoio do prefeito para a eleição do ano que vem”, diz Jânio Arruda em entrevista na Comunidade FM

O ex-prefeito de Taquaritinga do Norte, Jânio Arruda, foi o entrevistado desta quinta-feira do programa ‘Espaço Aberto’, da Comunidade FM. Atualmente Jânio é filiado ao PSD e ocupa o cargo de vereador, para o qual foi eleito na eleição municipal de 2012.

A terra arrasada – Jânio não poupou críticas à forma como o seu adversário político, Evilásio Araújo, comanda a prefeitura de Taquaritinga. “O modo Calabar de governar está falido. Hoje a nossa cidade enfrenta dificuldades em todas as áreas, estamos atrás das demais de nossa região em todos os quesitos. Do jeito que está não podemos continuar, Taquaritinga se transformou em uma terra arrasada, onde o prefeito está pouco se lixando para o seu povo. Saúde, educação, turismo, geração de emprego e renda, enfim, tudo está entregue às baratas. Mas não podemos perder a fé de que tudo vai melhorar, temos que acreditar e agir, enquanto dá tempo”.

Incentivo ao turismo – O vereador vê o turismo como ponto primordial para o soerguimento da economia da Dália da Serra. “Nossa cidade sempre foi referência do turismo pernambucano, no entanto, hoje a situação é completamente diferente. O turismo foi abandonado e todos sentem as consequências, principalmente os comerciantes, que têm fechado seus estabelecimentos devido ao baixíssimo número de pessoas que hoje frequentam uma cidade, que não os oferece atrativo algum”.

O vice – Sobre a composição da chapa Gravatinha para 2016, ele disse que ainda é cedo para defini-la. “Em abril de 2016 debateremos a questão de quem irá compor a chapa Gravatinha ao meu lado. Existem bons nomes para a vaga de vice, um deles Milton Cícero, que foi candidato a prefeito em 2012 e tem um excelente trabalho, principalmente em Pão de Açúcar”.

Jânio e Zeca – Jânio falou sobre a possibilidade de aproximação política com o também ex-prefeito Zeca Coelho, com quem travou uma verdadeira batalha judicial pela prefeitura de Taquaritinga entre 2005 e 2008. “Não vejo impedimento, nem problema para me aproximar de quem quer que seja, a exceção é o prefeito Evilásio, quanto à Zeca não vejo nenhum problema, desde que tudo acontecesse em torno de um projeto para tirar nossa cidade da situação em que ela está. Entretanto, sei que muitas pessoas ligadas a ele me culpam por sua cassação e isso cria uma grande barreira entre nós. A culpa foi da má gestão que existia à época”.

Lero, o novo? – Perguntado se Lero pode representar uma nova opção a política de Taquaritinga, diante a polarização entre ele e o grupo de Evilásio, Jânio foi enfático. “De forma alguma, até porque ele nunca rompeu suas amarras com o grupo do prefeito. Faz críticas em rádios e blogs, mas quando existe uma inauguração ou evento, ele está lá, como um bom aliado. Na verdade, Lero ainda sonha com o apoio do prefeito para a eleição do ano que vem”.

Contas aprovadas – Jânio viu na última semana as contas referentes ao ano de 2007 de sua gestão como prefeito serem aprovadas na Câmara de Vereadores de Taquaritinga do Norte. “Com essas são dez as contas minhas que são aprovadas no TCE e na Câmara. Motivo de orgulho e alegria, por saber que minhas gestões foram aprovadas”.

Publicado por Paulo Pereira | PE mais
Com informações do Blog do César Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.