11 de dez de 2015

CNH já é exigida para os condutores de motos 'cinquentinhas'


Durante coletiva de imprensa que aconteceu ontem, no auditório do Detran-PE, Charles Ribeiro, diretor presidente do órgão, anunciou que, a partir de agora, a fiscalização começa a cobrar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria A ou a Autorização para Conduzir Ciclomotor (ACC) para os condutores de cinquentinhas.

Segundo Ribeiro, conduzir ciclomotores até 50cc, sem a CNH ou ACC estará cometendo infração gravíssima, sujeito a multa de R$ 574,62, além de R$ 102,39, valor pago para primeira habilitação, R$ 51,18 para o exame médico e R$ 51,18 para o exame psicológico, e mais o valor pago à autoescola.

Ele informou ainda que, a fiscalização ficou mais rigorosa com os condutores, mas o prazo para quem ainda não conseguiu o registro na Base de Índice Nacional (BIN) ou certidão negativa foi prorrogado até 19 de fevereiro de 2016. Esse foi o obstáculo para muita gente registrar os veículos dentro do prazo. 12.958 proprietários de ciclomotores procuraram o DETRAN-PE para realizar o emplacamento.

Já a Operação Corredor Periférico – OCP, do BBTran, em parceria com a Operação Trânsito Seguro – OTS, do DETRAN-PE, apreenderam, até ontem, ás 18h, 1.778 cinquentinhas circulando irregularmente. Dessa, apenas 77 foram retiradas do depósito do DETRAN-PE.

Publicado por Paulo Pereira | PE mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.