2 de dez de 2015

Após cortes da CELPE, prefeito de Taquaritinga do Norte ordena que se faça religações clandestinas

Na última sexta-feira (27), a CELPE realizou cortes no fornecimento de energia em alguns prédios e locais públicos na sede do município de Taquaritinga do Norte.

Entre os principais pontos afetados, foram cortadas a energia do prédio da Secretaria de Educação, da Praça Padre Otto Sailler e da Academia das Cidades que fica localizada na entrada da cidade. De acordo com informações, os cortes se deram por conta de atrasos e acúmulo nas contas da companhia de energia.

Mas um fato chamaria ainda mais atenção, instantes após os funcionários da CELPE realizarem os cortes, O prefeito Evilásio Araújo (PSB) ordenou que um eletricista da prefeitura fizesse clandestinamente, a religação nos locais que ficaram sem fornecimento de energia. E para ilustrar a situação ainda acompanhou os funcionários da prefeitura na ação ilegal.


O blog PE mais recebeu de moradores, imagens que mostram os dois momentos do fato. A montagem acima, trás na foto do lado esquerdo, um funcionário da CELPE que aparece realizando o corte, e na foto do lado direito, vê-se os funcionários da prefeitura religando a energia ilegalmente a mando do prefeito, que assiste tudo de braços cruzados encostado em um veículo estacionado em frente ao prédio onde funciona a Secretaria de Educação do município.

Na cena, também é possível observar outro fato irresponsável, o funcionário da CELPE usa todos os equipamentos de segurança necessários para a execução do serviços, enquanto os funcionários da prefeitura usam roupas normais e não contam com os equipamentos que garantem a segurança dos mesmos.

Na ocasião a 'Dália da Serra' recebia dois eventos importantes que atraem inúmeros visitantes a cidade, o festival de cinema Curta Taquary e o Encontro de Voo Livre, o que motivou críticas, deixando moradores e visitantes perplexos com a falta de organização da prefeitura municipal.

Por Paulo Pereira | PE mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.