5 de nov de 2015

Camilo Cavalcante e Gilda Nomacce são os homenageados do 8º Curta Taquary

Faltando pouco mais de três semanas para o início, a coordenação do Curta Taquary divulgou os nomes dos homenageados da oitava edição do festival internacional de curtas-metragens. Os futuros premiados pela contribuição a sétima arte serão o diretor e roteirista pernambucano Camilo Cavalcante e a atriz e produtora paulista Gilda Nomacce.

Em outras edições, o festival já homenageou figuras importantes como Marcélia Cartaxo, premiada no Festival de Berlim como Melhor Atriz por A Hora da Estrela (1986), e o diretor e roteirista Marcelo Gomes, responsável pelo roteiro do premiado Madame Satã (2002).

O diretor e roteirista Camilo Cavalcante é pernambucano e trabalhou como diretor no filme 5 Vezes Chico – O Velho e Sua Gente (2015), em que dividiu a direção com Gustavo Spolidoro e Ana Rieper. Nas produções Beco (em finalização) e A História da Eternidade (2014) foi roteirista e diretor.

A História da Eternidade foi seu primeiro longa metragem, como diretor possui grande experiência em curtas e médias. O longa, além de ser exibido no festival de Rotterdam, levou os principais prêmios do Festival de Paulínia em 2014. Ao todo, recebeu cinco troféus: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Ator, Melhor Atriz e o prêmio da ABRACCINE (Associação Brasileira de Críticos de Cinema). Em 2015, recebeu o prêmio de público na Mostra de São Paulo e foi escolhido também como Melhor Filme no Festival de Vitória, no Espírito Santo.

Já a atriz e produtora Gilda Nomacce é paulista e foi premiada como Melhor Atriz Coadjuvante no Festival de Brasília, pelo trabalho realizado em Trabalhar Cansa (2011).

Além disso, atuou em outros filmes, como Quando Eu Era Vivo (2014), Gata Velha Ainda Mia (2014), Ausência (2014), De Menor (2013), Luz nas Trevas (2010) e Fucking Different São Paulo (2010).

Em 2016 está prevista a estreia de Meu Amigo Hindu (2015), filme que atua e é dirigida por Hector Babenco. Começou sua carreira aos 12 anos no teatro e, em 2007, iniciou no cinema, no curta Um Ramo, dirigido por Marco Dutra e Juliana Rojas.

Publicado por Paulo Pereira | PE mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.