29 de out de 2015

Santa Cruz do Capibaribe se consolida na Educação de Jovens e Adultos

A Educação de Jovens e Adultos em Santa Cruz do Capibaribe vem se consolidando ao longo da atual gestão. A prova disso é que em menos de três anos, mais de 800 alunos estão matriculados nesta modalidade. Para facilitar, estes estudantes foram inscritos e distribuídos de acordo com a localização de suas residências.


O prefeito de Santa Cruz Edson Vieira (PSDB) disse que o sucesso da EJA é uma conquista de todos.
“Hoje nós temos cerca de 800 alunos matriculados, isso não foi alcançado do dia para a noite e nem foi fácil, porque pegamos a EJA com apenas 60 alunos. Atingimos essa marca, graças a boa equipe que temos, pois colocamos a Educação como uma prioridade em nosso município”.
A Coordenadora Geral da Educação de Jovens e Adultos (EJA), Adeilda Quixabeira parabenizou os alunos EJA pelo empenho nos estudos.
“Estou muito feliz com o que já conseguimos alcançar, tenho certeza que juntos vamos galgar muitos degraus. Parabéns alunos EJA por entenderem que a educação é a chave do sucesso”.
“Pegamos a Educação de Jovens e Adultos com pouquíssimos alunos, com trabalho e dedicação, proporcionamos uma nova cara a essa modalidade de ensino. Hoje com muito orgulho posso dizer que a EJA de Santa Cruz do Capibaribe é destaque em nossa região”, destacou Joselito Pedro, Secretário de Educação.

A Gestora da Escola Municipal Orlandina Arruda Aragão, Irenilda Ferreira falou que a evasão escolar da EJA é baixa, fruto do esforço dos alunos.
“A EJA da Escola Orlandina Arruda é um diferencial, temos oito turmas, com aproximadamente 40 pessoas por sala, a evasão é baixo, porque os alunos frequentam os estudos até o final”.
A EJA é dividida em quatro etapas, (EJA 1), 1ª a 2ª série, (EJA 2), 3ª a 4ª série, (EJA 3), 5ª e 6ª série e (EJA 4), 7ª a 8ª série. Já a idade mínima para ingressar na EJA é 15 anos completos.
“Voltar a estudar é um prazer muito grande, depois de uma luta enorme travada no dia-a-dia, eu tenho a disposição de estudar à noite, deixo meus afazeres e vou para a escola aprender”, disse Selma Maria, aluna da EJA 2, da Escola Ivone Gonçalves de Araújo.
As escolas municipais que atuam com a EJA são as seguintes: Ivone Gonçalves de Araújo (Centro), Professora Donatila da Costa Lima (COHAB), Lindalva Aragão de Lira (Santo Agostinho) e Professora Orlandina Arruda Aragão (Dona Dom).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.