13 de out de 2015

Governo federal poderá fazer cortes no programa Bolsa Família para o próximo ano

Em matéria publicada no Jornal do Commercio desta segunda-feira (12), destaca que o Bolsa Família, vai entrar na mira da tesoura e poderá entrar no alvo da crise.

O relator-geral do projeto de Orçamento da União 2016, deputado Ricardo Barros (PP-PR), decidiu não incluir na proposta os recursos previstos com a arrecadação da nova CPMF e avisou que, para compensar, não terá “dó” de cortar recursos do programa do governo. Para ele, pode haver espaço para enxugar o Bolsa Família porque há “fraude” nos contratos do programa.

Beneficiando cerca de 13,8 milhões de famílias, o programa de transferência de renda sempre foi blindado dos cortes orçamentários e, no próximo ano, deverá custar R$ 28,8 bilhões. O pagamento médio por família é de R$ 164. Para tirar o orçamento do déficit, o governo já prometeu uma série de cortes em programas sociais no valor de R$ 25,5 bilhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.