25 de jun de 2015

Prefeito Evilásio Araújo sepulta festas juninas e Turismo em Taquaritinga do Norte

Foto: Fabiana Cabral/Facebook
Enquanto a maioria das cidades do Polo de Confecções curtem suas festas juninas, Taquaritinga do Norte vive um mês de junho completamente obscuro, monótono e sem alegria. A população está indignada com a atual administração que parece ter sepultado de vez o Turismo no município extinguindo mais um evento tradicionalmente comemorado na Dália da Serra. A desculpa da prefeitura municipal é a crise que o pais atravessa, mas como dizem por aí, "Nada, é muito pouco!"

O circo está montado, o povo é feito de palhaço.

Este ano, de fato, não aconteceu nada de comemoração aos festejos juninos em Taquaritinga, oq ue fizeram foi um tal de "Arraiá Sociá", realizado pela secretaria de Ação Social e que contou apenas com funcionários da prefeitura e simpatizantes do governo municipal. O cenário na cidade é de completo abandono, no dia 23 onde se realiza a tradicional fogueira de São João, o centro da cidade estava em clima de velório. Um minúsculo palco, se é que aquilo pode ser chamado de palco, foi montado na praça central. Uma estrutura que mais parece aqueles circos pobres que percorrem o interior do nordeste, é o retrato do descaso com Taquaritinga. Algo vergonhoso e humilhante para o povo ordeiro e apaixonado por esta terra.

Uma administração vergonhosa

Bares, restaurantes, hotéis e pousadas vivem o pior momento da história do município, e não é exagero, basta consultar os proprietários e questionar sobre o balanço deles com relação ao mês de junho, que se encerra como um período muito negativo no comércio local. Sem festas, a cidade não atrai visitantes, deixa de vender bens e serviços, não emprega e é esquecida na região, onde já figurou como cidade turística, anos atrás. Com a chegada do grupo Calabar ao poder, muitos eventos foram extintos, não existe mais divulgação regional dos poucos eventos que ainda acontecem, estes mesmos eventos ficam menores a cada ano. O calendário turístico, que antes era intenso, foi rasgado e a cidade está completamente desfigurada neste sentido.

A Taquaritinga das festas, do grande número de visitantes, do Turismo, das tradicionais quadrilhas de ruas, não existe mais. Foi esquecida, abandonada por uma gestão irresponsável e mentirosa que vive um verdadeiro caos administrativo e está levando o município para o fundo do poço.

Moradores vivem assustados com o grande número de assaltos, que agora ocorrem na luz do dia, no centro da cidade, a insegurança tem feito muitas vítimas, a última delas foi a secretária de Turismo de Taquaritinga. Providências não são tomadas, o povo fica sem resposta e o município sem respeito e sem dignidade.

Nas redes sociais, a população critica e protesta contra a atitude da prefeitura municipal em cancelar os festejos juninos. Uma imagem que circula no Facebook e em grupos do aplicativo de mensagens Whatsapp define bem como foi o mês de junho para a população norte-taquaritinguense.

Junho está indo embora, e com ele, as lembranças tristes de um São João que ficará nas páginas tristes de nossa história, e deve ser esquecido e enterrado junto com os atuais administradores, pois eles já deram provas que realmente não gostam de Taquaritinga do Norte.

Escrito por Paulo Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.