26 de mai de 2015

MARCHA DOS PREFEITOS: José Patriota incendeia encontro e é ovacionado em Brasília


De todos os presidentes de associações municipalistas que usaram da palavra na abertura da Marcha dos prefeitos em Brasília, José Patriota, da Amupe, foi o mais aplaudido. Patriota fez o discurso que os colegas prefeitos e vereadores queriam ouvir, com duras críticas ao Governo e ao Congresso. 

Ao reproduzir a frase histórica do ex-governador Eduardo Campos – "Não vamos desistir do Brasil" – Patriota foi aplaudido de pé. Em seu discurso, o presidente da Amupe, que é prefeito de Afogados da Ingazeira, culpou o Governo Federal e o Congresso pelo endividamento e esvaziamento dos municípios, na medida em que criam novas responsabilidades sem dizer de onde vão sair os recursos. 

Patriota chegou a afirmar que os prefeitos brasileiros são mais fiscalizados do que o Governo americano. 
"Nós prefeitos não somos mágicos para fechar contas que nos são imputadas sem cobertura da União", alertou, adiantando que no Brasil prefeito virou um grande saco de pancadas. 
Patriota disse ainda que o Congresso olha apenas para o seu umbigo. "Nós aceitamos a coincidência das eleições e o mandato de cinco anos. Mas mandato de dois anos enquanto deputados teriam cinco para ocorrer a coincidência, isso não aceitamos na reforma política", afirmou. 

O presidente da Amupe condenou ainda o Governo pelo agravamento da seca no Nordeste, ressalvando que os municípios não têm dinheiro sequer para pagar carros pipas, enquanto as principais obras de ampliação da oferta de água, sob a responsabilidade da União, continuam paradas.

Informações de  Magno Martins 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.