3 de mai de 2015

"Eu fiquei muito triste, não consegui nem dormir". Diz acusado de matar criança em Santa Cruz do Capibaribe

Foto e informações do blog Agreste Notícia
Em entrevista ao radialista Agnaldo Silva da Rádio Polo FM, o Adolescente de 17 anos de idade, acusado de assassinar a garota Lauane Maria da Silva, na noite da última quinta-feira (30) em Santa Cruz do Capibaribe, falou que o objetivo não era matar a criança, mas sim o irmão dela, também adolescente de 15 anos de idade. O Jovem alegou que queria matá-lo para não morrer e já faz alguns dias que vinha planejando o crime.
“Eu iria matar o irmão dela pra não morrer”, disse.
O criminoso informou ainda que estava recebendo ameaças do irmão de Lauane e por isso resolveu matá-lo.
“Ele estava indo lá na rua de casa dizendo que iria me matar e eu fiquei com medo...”.
Indagado sobre aonde teria conseguido o revólver, o envolvido disse apenas que comprou e que jogou depois de cometer o crime.
“Eu joguei... Eu fiquei com medo, nunca tinha atirado em nada”, garantiu.
O jovem embora não demonstrasse arrependimento, se disse triste em ter ceifado a vida da criança. 
“Eu fiquei muito triste, não consegui nem dormir, porque uma menina de três anos a pessoa fica pirando. É mesmo que ser uma filha do cara, muito triste, muito triste mesmo”, concluiu.
Ouça o áudio da entrevista:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.