30 de abr de 2015

Prefeito e vereadores solicitam explicações da Compesa sobre problemas da seca e do abastecimento

Fotos: Paulo Pereira / ASSECOM/Câmara de Vereadores
A polêmica da divulgação do mapa de abastecimento de água na região Agreste de Pernambuco, em que aparece Santa Cruz do Capibaribe com apenas dois dias com água e 28 sem água, rendeu uma reunião de representantes da Compesa com o prefeito Edson Vieira, presidente da Câmara, Professor Afrânio Marques e os vereadores Helinho Aragão, Fernando Aragão, Pipoca, Zezin Buxin, Ronaldo Pacas, além do Diretor de Agricultura, Lenildo Araujo.

A reunião aconteceu com o Coordenador de Produção Regional, João José da Silva, Agente de Saneamento, Romeu Leite, Coordenador Regional, Luiz Filipe de Souza e com o Coordenador Técnico, George Ramos, que estiveram na manhã desta quarta-feira (29), na Câmara de Vereadores para discutir junto aos vereadores e o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe os problemas oriundos da estiagem que assola toda região, mais especificamente, a questão do abastecimento de água no município.

O líder do legislativo, Professor Afrânio Marques, apresentou uma matéria veiculada no Jornal do Comércio, onde no texto fala que o rodízio será de 15 em 15 dias e no mapa, veiculado no mesmo jornal, apresenta 28 dias. O presidente insistiu na questão dos critérios que é dividido o rodízio entre as cidades. “A gente não pode depender de alternativas paliativas. O que eu acho fantástico é a Compesa estudar essa forma de interligar os sistemas para não deixar uma região com água e outra não. É preciso que a Compesa tenha medidas eficazes para resolver a demanda da população. O que eu quero saber é qual a previsão concreta de uma alternativa de chegada de água para a gente?”, questionou Afrânio.

Cobranças e sugestões do prefeito e dos vereadores

Os vereadores e prefeito questionaram os representantes acerca da problemática e os mesmos tiraram todas as dúvidas que foram levantadas, como, por exemplo, a dúvida do prefeito Edson Vieira e de Fernando Aragão, que perguntaram sobre a viabilidade da perfuração de poços artesianos nas margens do Capibaribe.


O prefeito Edson Vieira sugeriu que seja formada uma comissão para cobrar do presidente da Compesa, Ricardo Tavares, um volume maior de água para a cidade, sugestão que foi muito bem aceita por todos os vereadores presentes. Ao término da reunião, o prefeito e os vereadores fizeram uma pauta com reivindicações, onde a qual foi entregue aos representantes da Compesa, para que os mesmos entreguem aos seus superiores.

Outra sugestão, é que o prefeito solicitou, junto ao presidente da Câmara e demais vereadores que todos se unam para que participem da Marcha dos Prefeitos que vai acontecer em Brasília, para aproveitar a oportunidade e procurar os gabinetes dos deputados e senadores que tiveram votos em Santa Cruz do Capibaribe e cobrar ações mais concretas para a cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.