18 de abr de 2015

Polícia Civil concluiu inquérito de quádruplo homicídio em Poção

Os Conselheiros Tutelares Carmem, Daniel e Linderberg foram
covardemente assassinados
Paulo Câmara prometeu celeridade e que não haveria impunidade e de fato a palavra empenhada foi cumprida.

A Polícia Civil de Pernambuco vai apresentar nesta segunda-feira(20), às 9h, no auditório do quarto andar de sua sede operacional, a conclusão em detalhes da investigação que apurou o quádruplo homicídio na cidade de Poção, no agreste do Estado, em 06 de fevereiro de 2015.

Além dos delegados de Polícia, vão estar presentes os promotores de Justiça Ana Clézia e Edeílson Lins, designados pelo procurador-geral de Justiça Carlos Guerra de Holanda para acompanhar os trabalhos de investigação.

Relembre o caso: http://www.pemais.com/2015/02/chacina-tres-conselheiros-tutelares-e.html

Na matança, foram vitimados três conselheiros tutelares – Carmem Lúcia, Daniel Farias e Lindenberg Vasconcelos – e a idosa Ana Rita Venâncio, no dia 6 de fevereiro deste ano.

As investigações policiais do caso também foram acompanhadas pelos promotores de Justiça Oscar Nóbrega e Jeanne Bezerra, resultaram na prisão de quatro suspeitos: Bernadete de Lourdes Britto Siqueira Rocha, seu filho José Cláudio de Britto Siqueira Filho, um acusado de executar os homicídios e um advogado, que teria envolvimento na chacina da qual somente uma criança de dois anos escapou. Bernadete e José Cláudio são, respectivamente, avó paterna e pai da criança resgatada pelo Conselho Tutelar horas antes da chacina.

Os detalhes e foto de presos e foragidos serão apresentados nesta segunda-feira(20), no quarto andar da Sede Operacional da Polícia Civil – Rua da Aurora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.