24 de abr de 2015

Em Pernambuco, conta de luz ficará 11,19% mais cara nas residências

Foto: Divulgação

Segundo a Aneel, o reajuste foi calculado com base na variação de custos que a Celpe teve no ano.

Os consumidores residenciais da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) pagarão 11,19% a mais na conta de luz. O reajuste tarifário foi aprovado na última quarta-feira (22), em reunião da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), realizada em Brasília.

O efeito médio do reajuste será de 11,25% para todos os pernambucanos. Se para o consumidor residencial o aumento será de 11,19%, para grandes indústrias será de 16,74%. Já as médias indústrias terão redução de 0,21%. Os novos valores entram em vigor a partir do próximo dia 29 para 3,4 milhões de unidades consumidoras localizadas em 185 municípios do Estado. Este é o terceiro aumento da tarifa neste ano.

Segundo a Aneel, o reajuste foi calculado com base na variação de custos que a Celpe teve no ano. O cálculo inclui custos de distribuições, energia comprada, encargos de transmissão e encargos setoriais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.