16 de abr de 2015

Dr. Edson não descarta a possibilidade de concorrer na eleição de 2016

O prefeito de Brejo da Madre de Deus, Dr. Edson de Souza (PTB), deu sinais de que realmente trabalha pensando em 2016. Mesmo sendo prefeito reeleito, de forma consecutiva no mesmo município, algo que impossibilita juridicamente uma nova tentativa, as esperanças residem na ‘quebra de mandato’ ainda em 2013 com a realização de eleição suplementar, vencida por Roberto Asfora (PSDB), quando Dr. Edson teve seu mandato cassado. 

Indagado pelo radialista César Melo do Direto ao Ponto, se a questão já foi levantada internamente, o gestor não nega, mas conclui que é algo que será revisto mais a frente. 
“Isso aconteceu. É uma das coisas que a gente vai aguardar os desfechos e ver depois quais são as nossas possibilidades”, disse.

O prefeito ainda falou da situação judicial do ex-gestor, afirmando que o mesmo deixou Brejo da Madre de Deus em situação complicada, com falta de documentos e processos licitatórios que atrasou a condução da administração atual. 
“Tudo isso levou a administração a ficar cinco meses sem saber o que fazer, sem os documentos necessários”, disse e completou mais a frente “A justiça tarda mas não falha. Temos a expectativa de que ele seja punido por tudo que fez, inclusive nas empresa particulares, sonegando impostos e levando prejuízo ao fisco do Estado”.
Com informações do blog Direto ao Ponto 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

.