30 de set de 2013

Mãe e filha são acusadas de estuprar menina de 7 anos em Prazeres

Mãe e filha foram presas nesta segunda-feira (30) no Grande Recife acusadas de maus tratos, estupro e tortura contra uma menina de sete anos. As duas foram ouvidas na Gerência de Proteção à Criança e ao Adolescente (GPCA) de Jaboatão dos Guararapes. A dupla será encaminhada para a Colônia Penal Feminina do Recife, no bairro do Engenho do Meio, no Recife.

O caso, segundo o delegado Carlos Barbosa, aconteceu no bairro de Prazeres em abril deste ano, porém o resultado do laudo que confirmou lesões na vagina e o rompimento do hímen da criança só foi liberado na semana passada. A vítima de sete anos era criada pela acusada, de 42 anos, desde que tinha sete meses de vida.

A menina foi deixada com a mulher pela mãe biológica para que a vizinha cuidasse do bebê. A mãe da menina visitava a criança frequentemente e, no último encontro, em abril, a menina contou que sofria maus-tratos da mulher, com a ajuda da filha dela de 19 anos.

A vítima relatou para a mãe que as acusadas a prendiam na cama com mãos e pés amarrados com fios e tapavam sua boca com fita adesiva. Durante os maus tratos, a acusada apertava o clitóris da menina para que ela não conseguisse urinar, fazendo-a sentir muita dor. Enquanto isso, a filha dela, que a ajudava prendê-la na cama, observava a tortura. O laudo sexológico também indicou que a menina não era mais virgem, o que significa que a dupla de acusadas também introduzia objetos na vagina da vítima.

Aos saber dos abusos, a mãe biológica da criança não permitiu mais que a menina voltasse para a casa das acusadas. Perguntada sobre por que não tomou a decisão de criar a filha, a mulher contou que, quando teve condições financeiras, a menina já estava acostumada com a dupla e que pretendia esperar a menina decidir ir morar com ela.

Fonte: NE10

Nenhum comentário:

Postar um comentário